Moda e Indústria Cultural: Uma Relação Concisa

4253 palavras 18 páginas
1

MODA E INDÚSTRIA CULTURAL: UMA RELAÇÃO CONCISA

Tatiane Pacanaro TRINCA2

RESUMO
O presente artigo pretende relacionar o fenômeno Moda - surgido no Ocidente no período do Renascimento -, com as análises frankfurtianas a respeito da Indústria Cultural, termo empregado por T. Adorno e M. Horkhaimer em 1947 com a publicação da Dialética do
Iluminismo, para designar o processo ideológico que se manifesta não exclusivamente sob formas teóricas, mas na prática de um sistema orientado para a instrumentalização dos indivíduos em potenciais consumidores, fixando e remodelando seus estados de consciência. Para tanto, faz-se necessário compreender o papel exercido pelos meios de comunicação enquanto disseminador de um modo de
…exibir mais conteúdo…
Com o remodelamento espacial iniciado pelo desenvolvimento urbano e o processo de intensificação de divisão do trabalho, tem-se o aparecimento de novas relações sociais e, a partir disso, nota-se um crescimento do interesse pela vestimenta.
Segundo Souza (1987), a proximidade em que vivem as pessoas na área urbana leva ao desenvolvimento de dois fatores determinantes para o surgimento da moda: o desejo de competir e o hábito de imitar.
Para Gilles Lipovetsky (1989, p.13), a moda “[...] aparece antes de tudo como o agente por excelência da espiral individualista e da consolidação das sociedades liberais”. Todavia, a divisão do trabalho em toda sua extensão - aspectos econômicos, sociais, político e culturais -, é a base social mais profunda e essencial do processo de individuação, pois ao se atribuir uma parte da atividade do trabalho a cada um, permitindo

Revista de Iniciação Científica da FFC, v. 4, n. 3, 2004.

49

que se exercitem e se identifiquem nessa fração do todo, cria-se a condição material para que os homens diferenciem-se uns dos outros sem, contudo, deixarem de ser semelhantes.
E é na roupa, em especial, que os homens assumem e dão visibilidade à sua individualidade e sociabilidade perante o grupo em que se inserem.
Um outro enfoque analítico compreende a moda como sendo característica exclusiva de sociedades dotadas de um sistema de classes abertas.
Para George Simmel (1961), a moda é uma

Relacionados

  • Resumo richard hollis
    10715 palavras | 43 páginas
  • O impacto da propaganda e da publicidade na mente do consumidor brasileiro
    13082 palavras | 53 páginas
  • Filosofando
    8994 palavras | 37 páginas
  • JAPÃO: DIREITO E POLÍTICA QUOTIDIANOS
    15815 palavras | 64 páginas