Modelo burocratico

2757 palavras 12 páginas
Modelo burocrático de Merton
Diferentemente de Weber, Merton não acreditava que a burocracia fosse tão eficiente como Weber afirmava. Merton buscava se basear nas consequências não previstas, focando nas disfunções da burocracia que prejudicavam o funcionamento da organização. No seu modelo, Merton o repartia e seis partes, como no gráfico a seguir:

Um sistema rígido como era proposto por Weber, pode prejudicar o funcionamento e causar a ineficiência de uma organização segundo Merton, pois a alta rigidez visa só o cumprimento das normas pelos seus funcionários, e não se preocupa com os problemas dos seus clientes. Weber não havia percebido a possibilidade de flexibilidade da burocracia, e que tinha que atender a duas circunstancias, as exigências externas do cliente, e as internas de seus colaboradores.
Seguindo na mesma linha de pensamento de Merton, Phillip Selznick propôs uma pesquisa, para demonstrar a flexibilidade e o ajustamento da burocracia seguindo as duas demandas, externas e internas . Selznick propôs um novo modelo burocrático, onde a organização busca se adaptar continuamente a suas exigências externas e internas, diferentemente de um sistema fechado como propôs Weber. O modelo de Selznick pode ser representado da seguinte maneira:

Desta maneira, para Selznick a burocracia não deve seguir necessariamente o modelo proposto por Weber de um sistema fechado, mais sim um modelo adaptável a novidades, e exigências, e também deve ser dinâmica. Pois toda

Relacionados

  • Mitos Burocraticos
    2226 palavras | 9 páginas
  • Modelo
    8017 palavras | 33 páginas
  • Modelo Burocrático de Organização, CHIAVENATO
    1605 palavras | 7 páginas
  • Modelo mono
    1342 palavras | 6 páginas
  • Sistema burocrático
    2690 palavras | 11 páginas
  • Modelo CAPM
    1569 palavras | 7 páginas
  • Modelos assistenciais em saúde
    5022 palavras | 21 páginas
  • Modelo de negocio modelo canvas
    2983 palavras | 12 páginas
  • Os avanços e os dilemas do modelo pós-burocrático: a reforma da administração pública à luz da experiência internacional recente. Fernando Luiz Abrucio
    1437 palavras | 6 páginas