Motores de combustao interna

2791 palavras 12 páginas
Tipos de motores de combustão interna: seus ciclos e rendimentos.
Este documentário tem como objetivo reportar um trabalho realizado acerca dos motores de combustão interna. Ele irá abordar o contexto histórico e científico que envolve esses motores. Este vídeo irá esclarecer ao telespectador, por exemplo, como surgiram e evoluíram os primeiros motores, como eles funcionam e qual o impacto ambiental que eles causam.
O motor de combustão interna é uma máquina térmica onde a energia proveniente de uma reação química é transformada em energia mecânica. É assim denominado, porque a sua combustão ocorre numa câmara que contém um pistão que influencia o seu movimento; combustão essa em que seus produtos constituem, eles mesmos, o fluido de
…exibir mais conteúdo…
Karl Benz aperfeiçoou o motor com ciclo de quatro tempos e apresentou o primeiro automóvel em 1886. Rudolf Diesel patenteou o motor de ignição por compressão em 1892, no entanto este demorou cinco anos para desenvolver um protótipo comercial. Era um tipo de motor de combustão interna diferente do motor de Otto, utilizando como combustível o óleo diesel. | |

COMBUSTÃO X RESPIRAÇÃO CELULAR

Pode-se fazer uma analogia entre a combustão interna e a respiração celular, contudo há diferenças entre esses dois processos.
No processo de combustão, como a queima da gasolina ou do etanol, as ligações moleculares são quebradas violentamente e rapidamente, liberando grandes quantidades de energia em pouco tempo. Isso é bom quando se tenta mover uma máquina pesada, como um automóvel. Porém, se ocorresse processo semelhante nas células vivas, o excesso de energia e de calor mataria a célula. Por isso, as reações da respiração celular são sempre fragmentadas em várias reações intermediárias, de modo que a energia é liberada gradativamente, lentamente e sem por em risco a vida da célula.
As quebras de ligações químicas liberam energia, sempre que o elétron se deslocar ocupando uma órbita mais próxima do núcleo do átomo. Assim, a energia liberada pela quebra de ligações moleculares do alimento não é toda usada imediatamente, sendo armazenada em ligações químicas entre átomos de fósforo, presentes no ATP,

Relacionados

  • Motores de combustão interna: ciclo otto e ciclo diesel
    6319 palavras | 26 páginas
  • Turbo compressor em motores de combustão interna
    5494 palavras | 22 páginas
  • manutencao e conservacao de motores
    3421 palavras | 14 páginas
  • Rendimento de motores térmicos
    4067 palavras | 17 páginas
  • Tipo de motores
    2733 palavras | 11 páginas
  • ESTUDO DE VIBRAÇÕES EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
    2877 palavras | 12 páginas
  • Determinacao do Consumo de Ar em Motores de Combustao Interna
    1435 palavras | 6 páginas
  • Evolução dos motores de combustão interna veicular
    2252 palavras | 10 páginas
  • lista de exercicios motores e tratores ufrrj
    354 palavras | 2 páginas