NIKE e Sustentabilidade

2217 palavras 9 páginas
Indice
Introdução 2
Indústria do Calçado e a evolução da NIKE 2
O Nascimento do Movimento Anti-Nike 3
Sustentabilidade 4
NEAT - “The Nike Environmental Action Team” 4 5
Passar á ação 5
Iniciativas 5
Nike considered index 6
Futuro 6
Conclusão 6

Introdução

O desenvolvimento sustentável tornou-se um fenómeno importante para a Nike nas últimas décadas. Na altura o conceito de “negócio global” espalhou-se pelo mundo e as empresas com a ajuda da “media” tornaram-se mais transparentes. De facto, empresas como a Nike tornaram-se mais subjetiveis ao escrutínio.
Seguida uma má fase de publicidade, que pôs em risco uma empresa da magnitude da Nike, um novo caminho tinha que ser seguido. Com este trabalho pretendemos demonstrar o que foi feito e como a Nike transformou uma má publicidade em boa.
Os artigos analisados neste relatório descrevem as críticas sentidas na época e como a Nike cooperou com esta situação e criou um novo modelo baseado nos três pilares: ambiente, social e económico.
Indústria do Calçado e a evolução da NIKE

A indústria de calçado de desporto tem crescido exponencialmente nas últimas duas décadas. Em 1985 os consumidores dos Estados Unidos gastaram 5 mil milhões $ e em 2001 passou os 13 mil milhões e as compras ascenderam os 335 milhões de pares de sapatos. Embora o nível de segmentação da indústria seja bastante elevado ( diferentes desportos, modelos e preços ) Foi criada em 1964 por Phil Knight e Bill

Relacionados

  • Sustentabilidade da nike
    1388 palavras | 6 páginas
  • NIKE ETICA 1
    999 palavras | 5 páginas
  • NIKE WORD
    2171 palavras | 9 páginas
  • Nike e ética
    1796 palavras | 8 páginas
  • Plano de Marketing para implementação do e-commerce da Nike no Brasil
    4931 palavras | 20 páginas
  • Respostas Unidade Web - Empreendedorismo e Sustentabilidade
    5985 palavras | 24 páginas
  • Metodo da secante
    19027 palavras | 77 páginas
  • Fundamentos e teoria organizacional
    16772 palavras | 68 páginas
  • Asics
    6084 palavras | 25 páginas