Necrose gangrenosa

1404 palavras 6 páginas
[pic]
INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS-ITPAC

Patologia Geral

Trabalho apresentado ao Curso de Odontologia junto à Disciplina de Patologia Geral, como requisito do processo de avaliação da disciplina no Curso de Graduação.

Orientador: Profª: Milena .......

Acadêmicos: Rodrigo Carilo Vivas Nemorah Leal

Porto Nacional-TO 2011

Introdução:

A necrose é a soma das alterações morfológicas que se seguem à morte celular em um tecido vivo, constituindo-se a principal causa uma manifestação celular de caráter irreversível. Dois processos essencialmente simultâneos propiciam as alterações da necrose: • Digestão
…exibir mais conteúdo…

Necrose A distribuição da lesão celular e a extensão da necrose produzida são variáveis e dependem do agente específico, de sua virulência, do tempo de exposição à injúria e da susceptibilidade individual das células. Existem vários tipos de necrose, como por exemplo: Necrose de coagulação: Necrose caseosa: Necrose gordurosa: Necrose de liquefação: Necrose gangrenosa: A necrose gangrenosa ou simplesmente gangrena não é um tipo de necrose em especifico, pois se acredita que sua causa esteja ligada a evolução a uma necrose de coagulação (isquêmica), ou liquefação. Podemos definir gangrena como necroses que ocorrem sempre em decorrência do somatório de dois fenômenos anatopatológicos: • Fenômeno de isquemia. • Fenômeno de liquefação. Estes dois fenômenos são causados pelos leucócitos e bactérias, os tecidos irão passar por uma morte isquêmica, dando origem a uma necrose de coagulação ou liquefação, a partir da presença das bactérias e leucócitos.

Para abordar a necrose gangrenosa não podemos deixar de entender a necrose de coagulação e a necrose de liquefação, pois a necrose gangrenosa se dá em decorrência destes dois tipos de necrose: Necrose de coagulação: • É o padrão mais comum de necrose e se caracteriza pela conversão da célula num

Relacionados

  • Morte celular Necrose e apoptose
    1074 palavras | 5 páginas
  • Patologia
    906 palavras | 4 páginas
  •  colecistite
    829 palavras | 4 páginas
  • listagem de patologia
    3778 palavras | 16 páginas
  • Envelhecimento celular
    5275 palavras | 22 páginas
  • Fatores locais que afetam a cicatrização
    4407 palavras | 18 páginas
  • Patologia
    3527 palavras | 15 páginas
  • Relato de caso erisipela
    3339 palavras | 14 páginas
  • Doenças pulmonares
    2791 palavras | 12 páginas