No ano de 4299 cinco exploradores foram explorar uma caverna

867 palavras 4 páginas
REDE DE EN SINO DOCTUM - FABAVI
CURSO DE BACHARELADO DIREITO

VITÓRIA – ES
2014
REDE DE ENSINO DOCTUM - FABAVI

DÉBORA SILVA TEIXEIRA

RESUMO: O CASO DOS EXPLORADORES DE CAVERNA – LON L. FULLER

Trabalho apresentado para o Projeto Integrador do Curso de Direito, 1º período, turma A.

Orientador: Prof. José Eduardo Balikian

VITÓRIA – ES
2014
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 2
2 TÍTULO DE CAPÍTULO EM LETRAS MAIÚSCULAS 2
2.1 Título de seção do capítulo (apenas a inicial maiúscula) 2
2.2 Segunda seção 2
2.2.1 Subseção 1 2
2.2.2 Subseção 2 2
3 TERCEIRO CAPÍTULO DO DESENVOLVIMENTO 2
CONCLUSÃO 2
REFERÊNCIAS 2

INTRODUÇÃO

O caso dos exploradores de cavernas é uma obra formulada no intuito de discutir acerca dos princípios do direito. A obra mostra, através de um caso concreto, apesar de fictício, essencialmente, a contraposição de valores positivos e naturais.
Assegurar a justiça é característica que fornece sentido e obediência ao direito. Entretanto, a justiça, na prática, é descaracterizada como fim máximo do agir jurídico.
Contradições do direito são postas com maestria na obra em análise, o que caracteriza a “concretização da abstratividade” das contradições do direito. Positivismo e naturalismo, normas e princípios, legalismo e jurisprudência, todos esses caracteres são tratados no livro.

No ano de 4299 cinco exploradores foram explorar uma caverna, mas houve um desmoronamento e tampou a única saída da caverna.
Dentro de algum tempo a família percebendo a

Relacionados

  • Tese acusatória do livro o caso dos exploradores da caverna
    980 palavras | 4 páginas
  • O caso dos exploradores de caverna
    989 palavras | 4 páginas