Normas Explícitas e Implícitas

930 palavras 4 páginas
Normas Explícitas e Implícitas
O poder de coerção das normas não depende, no entanto, da sua explicitação verbal. Se isto ocorresse, as normas registradas nos códigos legais seriam necessariamente mais fortes do que as normas comunitárias, isto é, consagradas pelo costume. Uma norma explícita e, mais do que isto, registrada em um código legal por ter um baixo poder de coerção, como ocorre, por exemplo, com as normas de trânsito, ao menos no Brasil.
O poder de coerção das normas implícitas tende a ser muito alto precisamente pelo fato de exercerem sua força através de sentimentos de obrigatoriedade muito arraigados na personalidade e dos quais, em geral, os indivíduos não têm consciência muito clara.
Enquanto as normas explícitas são transmitidas por meio da linguagem verbal, as normas implícitas são passadas de uma geração a outra pelo comportamento padronizado.

Normas Explícitas e Implícitas
O poder de coerção das normas não depende, no entanto, da sua explicitação verbal. Se isto ocorresse, as normas registradas nos códigos legais seriam necessariamente mais fortes do que as normas comunitárias, isto é, consagradas pelo costume. Uma norma explícita e, mais do que isto, registrada em um código legal por ter um baixo poder de coerção, como ocorre, por exemplo, com as normas de trânsito, ao menos no Brasil.
O poder de coerção das normas implícitas tende a ser muito alto precisamente pelo fato de exercerem sua força através de sentimentos de obrigatoriedade muito

Relacionados

  • Controle social
    1460 palavras | 6 páginas
  • Semântica: informações implícitas – pressuposto e subentendido
    2021 palavras | 9 páginas
  • LEITURA ANALITICA INTERTEXTUALIDADE Viviane Resende Vieira
    5021 palavras | 21 páginas
  • Processos formais e processos não formais de mudança da constituição
    1202 palavras | 5 páginas
  • Intertextualidade implicita e explicita
    1939 palavras | 8 páginas
  • Planejamento sala de apoio
    2221 palavras | 9 páginas
  • Analogia juridica
    1778 palavras | 8 páginas
  • Controle social - sebastião vila nova
    533 palavras | 3 páginas
  • resumo Paulo nader
    1865 palavras | 8 páginas
  • Poder constituinte
    2041 palavras | 9 páginas