O Assistente Social e o Creas - Violência Contra a Mulher

1941 palavras 8 páginas
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO serviço social

título do trabalho
Subtítulo do Trabalho, Se Houver

2013

o assistente social e o creas violência contra mulher

Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social.

2013
SUMÁRIO

1 – INTRODUÇÃO......................................................................................................4
2 - DELIMITAÇÃO E FORMULAÇÃO NO PROBLEMA..............................................4
3 - OBJETIVOS...........................................................................................................4
4 -
…exibir mais conteúdo…
Salienta-se que as dimensões teórico-metodológica, ético-política e técnico-operativa sempre se faz necessário estar presente para uma melhor intervenção na realidade, bem como encaminhamentos para a rede de proteção, sendo destacado o Centro de Referência de Assistência Social, a Coordenadoria de Políticas públicas para as mulheres, dentre outros, ou seja, proporcionar conhecimentos sobre o trabalho do Assistente Social dentro da instituição.
4 – JUSTIFICATIVA
Assegurar uma intervenção interdisciplinar capaz de responder a demandas individuais e coletivas, com vistas a defender a construção de uma sociedade livre de todas as formas de violência e exploração de classe, gênero, etnia e orientação sexual.
Diante desta realidade o profissional de serviço social que atua no CREAS pode utilizar-se de instrumentais, tais como pericia social, parecer social, laudos e estudos sociais, pois através deles será possível a avaliação de casos das mais variadas demandas sempre que a situação exigir um parecer técnico ou científico de uma determinada área do conhecimento, que contribua para que o avaliador da situação possa ter convicção quanto à tomada de decisão.
Para a construção dos instrumentais antes mencionados, o profissional de serviço social faz uso de técnicas pertinentes ao exercício profissional, sendo facultado a estes a realização de entrevistas, contatos telefônicos, visitas, pesquisa documental e bibliográfica que considerar necessárias para a análise e a

Relacionados

  • Diga não a violencia contra mulher
    2410 palavras | 10 páginas
  • Projeto de intervenção
    1858 palavras | 8 páginas
  • possibilidades e limites na atuacao do asssitente social no creas de dom expedito lopes frente a violencia sexual contra criancas e adolescentes
    6427 palavras | 26 páginas
  • Diagnostico institucional do creas
    1870 palavras | 8 páginas
  • VIOLENCIA DOMESTICA
    1264 palavras | 6 páginas
  • Plano de ação creas
    1985 palavras | 8 páginas
  • ANÁLISE DO VÍDEO À MARGEM DO CORPO
    1750 palavras | 7 páginas
  • Relatorio de estagio Supervisionado I e II e projeto de interven o AVA
    1665 palavras | 7 páginas
  • violencia domestica contra mulher
    11814 palavras | 48 páginas
  • ADOÇÃO, ABRIGOS, MÃES DO CRACK na casa de passagem Ana Carolina
    2873 palavras | 12 páginas