O CÓDIGO DE ÉTICA DA ENGENHARIA, A LEI 5.194 E UM POUCO DO CÓDIGO CIVIL

3452 palavras 14 páginas
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS
CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO
DISCIPLINA: LEGISLAÇÃO E ÉTICA
ACADÊMICO: DUILIO CARDOSO DE SÁ

TEMA:

O CÓDIGO DE ÉTICA DA ENGENHARIA,
A LEI 5.194 E UM POUCO DO CÓDIGO CIVIL

GOIÂNIA, 29 DE JANEIRO DE 2012

O CÓDIGO DE ÉTICA DA ENGENHARIA, A LEI 5.194 E UM POUCO DO
CÓDIGO CIVIL.

Este trabalho acadêmico destina-se a atividade avaliativa da disciplina de Legislação e Ética, obrigatória ao curso de Engenharia de Controle e Automação, ministrada pela Prof.ª. Maria Eliane, visando uma avaliação parcial no semestre 2012/2.

GOIÂNIA, 29 DE JANEIRO DE 2012
2

Sumário:
Introdução:
…exibir mais conteúdo…
Mais de três décadas depois, em Encontro Especial realizado em novembro de 2002 é aprovado o Novo Código de Ética, agora denominado de Código de Ética Profissional da
Engenharia, da Arquitetura, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia, O novo texto abrange todas as categorias profissionais integradas ao Sistema Crea/Confea, em todos os níveis de formação. Esse mesmo texto foi apresentado ao Plenário do Conselho
Federal, na manhã do dia 26/11/2002, em Goiânia, onde se determinou que o Novo Código entrasse em vigor a partir de 01 de agosto de 2003, dando um prazo para que os Conselhos
Profissionais e as Instituições de Ensino desenvolvessem uma campanha de esclarecimento sobre o novo texto.
A seguir, será feita uma breve análise de cada um dos tópicos presentes no já referido texto do Código de Ética:
1– Preâmbulo (Art. 1° ao 3°):
O tópico inicial nos informa, em seu Art. 1°, que o objetivo do texto apresentado é
“enunciar os fundamentos éticos e as condutas necessárias à boa e honesta prática das profissões da Engenharia, da Arquitetura, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da
Meteorologia e relaciona os direitos e deveres correlatos de seus profissionais”. Ainda no
Preâmbulo, fica claro que o presente Código abrange todas as categorias profissionais já citadas, e que cada uma destas poderá estabelecer diretrizes específicas, que atendam a suas necessidades, desde que

Relacionados

  • Processo perícias em obras de engenharia
    5906 palavras | 24 páginas