O Clima e a Arquitetura Colonial Brasileira

2561 palavras 11 páginas
O Clima e a Arquitetura Colonial Brasileira

Introdução

Este trabalho visa analisar e expor os aspectos e elementos arquitetônicos do período Colonial no Brasil, como também apresentar ao leitor alguns dos principais aspectos dos materiais utilizados nestas construções e as técnicas construtivas do período colonial. Falaremos também sobre o comportamento dos ventos dentro das edificações, mais especificamente, os sobrados coloniais, a influência do traçado e dimensionamentos das vias nas cidades coloniais na temperatura interna das casas.

O clima da época

De acordo com Roger Bastide, autor do livro “Alegres Trópicos: Primeiras impressões dos cronistas e viajantes sobre o tempo e o clima no Brasil Colônia”, ele mostra com detalhes o clima no período da colonização, baseado em cartas de Jesuítas, viajantes e escritores que acompanharam Pedro Álvares Cabral, sendo ele: Fernão Cardim, Gabriel Soares de Souza e outros.
Estes escritores contam com grande riqueza de detalhes e informações. Em suas cartas eles escrevem sobre o clima de algumas regiões da nova terra.

Rio de Janeiro: “O clima no Brasil geralmente he de bons, delicados e salutiferos ares, donde homens vivem até noventa, cento e mais annos; geralmente não tem frios, nem calores, ainda que no Rio de Janeiro até São Vicente(Figura 2) há frios e calores, mas não muito grandes. Os céus são muito puros e claros, principalmente à noite. O inverno começa em março e acaba em agosto, o verão

Relacionados

  • Arquitetura Colonial no Brasil
    852 palavras | 4 páginas
  • Arquitetura Colonial e Barroca
    923 palavras | 4 páginas
  • Adequação da arquitetura ao clima
    1625 palavras | 7 páginas
  • Arte Pré Histórica e Arte e Arquitetura Indígena Brasileira
    1025 palavras | 5 páginas
  • Arquitetura E Clima
    2313 palavras | 10 páginas
  • Economia colonial: Cana e trabalho escravo sustentaram o Brasil colôni
    941 palavras | 4 páginas
  • Arquitetura Colonial de Paraty RJ
    2183 palavras | 9 páginas
  • Arquitetura Colonial Do Brasileira
    2356 palavras | 10 páginas
  • Aproximação à historiografia da arquitetura colonial brasileira as ideias de john bury
    2788 palavras | 12 páginas