O Direito na Economia Globalizada

12556 palavras 51 páginas
Tema: O Direito na Economia Globalizada
Autor: José Eduardo Faria

Sobre o autor: É professor titular do Departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Sociologia Jurídica, atuando principalmente nos seguintes temas: mudança social, poder e legitimidade, direitos humanos, globalização, transformações do poder judiciário, metodologia do ensino jurídico, direitos sociais e eficácia jurídica. Foi um dos ganhadores do Prêmio Jabuti de Literatura de 2012, na categoria livros de Direito.

1 Introdução

A obra objeto deste fichamento tem por objetivo o exame do impacto da globalização no âmbito do Direito.
No capitulo introdutório, inicialmente, o autor faz uma análise do impacto da globalização na estrutura da Nação, Estado e Soberania. Posteriormente faz uma abordagem da crise do direito e exaustão pragmática e por último estabelece os objetivos do trabalho apresentando uma sínteses dos capítulos.
Ab initio, é de bom alvitre que façamos uma demonstração das ideias do autor no tocante ao primeiro tema analisado na introdução.
O autor inicia a obra abordando um ponto exponencial no cenário mundial e, consequente nacional gerado pelo advento da transnacionalização dos mercados de insumos, produção, capitais, finanças e consumo, que é o “desafio de encontrar alternativas para a exaustão paradigmática de seus principais modelos teóricos e analíticos, tal a intensidade do impacto

Relacionados

  • exercicio sobre globalização
    1907 palavras | 8 páginas
  • TG GLOBALIZAÇÃO UNIP
    1120 palavras | 5 páginas
  • Resenha: globalização: as consequência humanas (zygmunt bauman)
    983 palavras | 4 páginas
  • Síntese do artigo “cultura organizacional brasileira pós-globalização: global ou local?”
    1041 palavras | 5 páginas
  • Direitos Sociais: afinal do que se trata?
    1542 palavras | 7 páginas
  • O paradoxo da globalização
    1901 palavras | 8 páginas
  • I - globalização e mercado: causas da debilidade da identidade do estado
    4452 palavras | 18 páginas
  • Doutrina Social da Igreja
    8018 palavras | 33 páginas
  • Economia ambiental
    938 palavras | 4 páginas