O Monumento e a Memória

926 palavras 4 páginas
“O monumento tem por finalidade fazer reviver no presente um passado engolido pelo tempo…” Françoise Choay
O conceito de monumento deriva do latim "monumentum" que por sua vez tem origem no verbo "monare" cujo significado é “fazer recordar”, instruir, advertir. Françoise Choay diz-nos que a sua essência reside na “sua relação com o tempo vivido e com a memória”. Para a sociedade que o erige o monumento funciona como protecção contra a transitoriedade da vida, é um desafio à acção do tempo sobre todas as coisas naturais ou artificiais, é uma tentativa de combater a angústia da morte e da destruição, tem pois uma função memorial.
Ao longo dos séculos este sentido tem sofrido alterações e no Renascimento é introduzida a noção de arte, que faz com que quando se observa um monumento, para além da evocação do passado, aprecia-se-lhe a beleza estética, a perfeição e a qualidade técnicas. A expressão “monumento histórico” surge no final do século XVIII, durante a Revolução Francesa, associada à preocupação de proteger os monumentos nacionais, obstando a onda de vandalismo que assolou na época a França e que levou à destruição dos objectos representativos da monarquia, do clero e dos tempos feudais. Mas a preocupação de conservação já existia no século XV, a que Choay chama fase “antiquisante” devido à sua limitação aos edifícios e obras de arte da Antiguidade. Enquanto um monumento é criado por uma razão comemorativa ou recordatória de alguém ou de algum acontecimento, o

Relacionados

  • FICHAMENTO - HISTÓRIA E MEMÓRIA - LE GOFF
    1498 palavras | 6 páginas
  • Fichamento: documento/monumento de jacques le goff
    935 palavras | 4 páginas
  • Monumento e Monumento Histórico
    832 palavras | 4 páginas
  • ALEGORIA DO PATRIMONIO
    1334 palavras | 6 páginas
  • VIOLLET-LE-DUC E JOHN RUSKIN - PRINCÍPIOS RECORRENTES NAS TEORIAS CONTEMPORÂNEAS DE RESTAURAÇÃO E PRESERVAÇÃO.
    4910 palavras | 20 páginas
  • Resumo de livro: le goff, jacques. história e memória.
    6333 palavras | 26 páginas
  • A alegoria do patrimônio: fichamento
    7654 palavras | 31 páginas
  • alegoria do patrimonio
    1298 palavras | 6 páginas