O Realismo E O Naturalismo Em Portugal

853 palavras 4 páginas
O REALISMO E O
NATURALISMO EM
PORTUGAL
Cleber Carneiro N:06
Jefferson Sousa N:22
Otavio Felipe N:33
Wesley Augusto N:42

ÍNDICE
Capa. . .1
 Contracapa. . .2
 Índice. . .3
 Introdução. . .4
 Poesia Realista e Naturalista em Portugal. . .5
 Alguns Poetas Importantes da Época. . .6
 Antero Tarquínio de Quental. . .7
 Abílio Manuel Guerra Junqueiro. . .8
 Antônio Duarte Gomes Leal. . .9
 José Joaquim Cesário Verde. . .10
 Realismo X Naturalismo. . .11
 Características Realismo. . . 12
 Características Naturalismo. . .13
 Obras Realistas. . .14
 Obras Naturalistas. . .15
 Conclusão. . .16
 Blibiografia. . .17


INTRODUÇÃO


O realismo e o naturalismo são duas correntes literárias um tanto parecidas, como se pode ver na sua intenção de retratar os assuntos de maneira mais objetiva, da forma que ela realmente é, e de serem mais universalistas, em oposição ao individualismo romântico mas que têm as suas diferenças básicas, como a forma de retratar o homem, que no realismo é representado por meio da sua interação com o contexto social, enquanto no naturalismo ele é representado quanto ao seu comportamento interior, do seu lado mais animal. Ambos são influenciados por novas ideologias da época, como o socialismo de Marx, a teoria de Darwin e o positivismo de Comté.
Esse movimento literário surgiu em Portugal na década de
1860, em reação ao Romantismo. Sua primeira manifestação foi a questão Coimbrã, polêmica entre jovens autores realistas e os autores românticos.

Relacionados

  • Romantismo em portugal e no brasil
    8234 palavras | 33 páginas
  • Realismo no brasil e portugal
    1268 palavras | 6 páginas
  • Modernismo no brasil e em portugal
    12192 palavras | 49 páginas
  • o realismo em portugal
    1990 palavras | 8 páginas
  • O sistema de crédito e o capital fictício em marx
    12055 palavras | 49 páginas
  • Experimentos em Percepção Interação entre o olfato e o paladar
    1429 palavras | 6 páginas
  • O CONCEITO TOD E O TRANSPORTE EM CURITIBA
    3797 palavras | 16 páginas
  • O farmacêutico em urgência e emergência
    1513 palavras | 6 páginas
  • O barroco em portugal
    999 palavras | 4 páginas