O brincar e suas teorias

987 palavras 4 páginas
VALDINÉIA DE FÁTIMA TEIXEIRA

O BRINCAR E SUAS TEORIAS

BRINCAR E TRABALHAR

HELOYSA DANTAS

Aluno(a):.... Valdinéia de Fátima Teixeira

RA (s) ........ 3011

Curso : Pedagogia - 3° Semestre

Disciplina: OFICINA DE JOGOS E BRINCADEIRAS

Trabalho Apresentado à Professora : Irene Garcia Costa de Souza

Carapicuiba-SP
Junho/2012

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO – O BRINCAR E SUAS TEORIAS

1 BRINCAR E TRABALHAR
1.1 JOGO E TRABALHO
2 INFÂNCIA E LUDICIDADE
3 EVOLUÇÃO DO BRINCAR
4 DO JOGO AO TRABALHO:JOGO-TRABALHO E TRABALHO E JOGO

Carapicuíba - SP
Junho/2012

REFERÊNCIAS

DANTAS. H.
…exibir mais conteúdo…
Para ela quando se impõe é considerado trabalho. Para Heloysa Dantas, o equilíbrio entre os dois precisa ser encontrado. Ela acredita que se pode ter liberdade no jogo e o prazer no trabalho.
Cita como exemplo a confecção de um determinado jogo em sala de aula, onde os crianças se interessam mais em confeccioná-lo ao utilizá-lo.

2.Infância e Ludicidade
Para Wallon, infantil e lúdico tem o mesmo sentido. Pois toda atividade da criança é lúdico. O que leva do brincadeira ao trabalho é o “meio”. A forma como é aplicada o brincar. A autora fala da diferença entre criança e adulto, pois, a criança tem etapas de desenvolvimento. Inicialmente ela chora e depois ela fala. Andar para uma criança de 1 ano por exemplo, é o resultado esperado pela mãe. Se ela para, frustra esta expectativa da mãe. Enquanto que o adulto quando anda, pode parar. A autora enfatiza que, para Wallon, á diferença entre ser Lúdico, é que a criança é espontânea e o adulto totalmente instrumentalista. Para ele todo movimento ocorre de fora para dentro. A ludicidade é um forte estímulo da criação poética. Tanto na linguagem, quanto na musicalidade. Tanto na história inventada ou nos jogos simbólicos, a criança pode ser o que ela quiser. Ficção, fantasia e liberdade compõe estas possibilidades. Para nós adultos, o movimento é atividade necessária. Para a criança o movimento é atividade.

3.Evolução do Brincar A

Relacionados

  • Teoria Do Envelope E Sua Aplica O Na M Hellip
    1580 palavras | 7 páginas
  • Os fenômenos transicionais e sua relação com o brincar na clínica sob a perspectiva de winnicott
    2987 palavras | 12 páginas
  • Filósofos e suas teorias - resumo
    2427 palavras | 10 páginas
  • Referencias do Livro O brincar e suas teorias
    268 palavras | 2 páginas
  • Teoria Malthusiana e suas implicações no Agronegócio
    831 palavras | 4 páginas
  • Interpretação jurídica e suas teorias (dogmática e zetética)
    2146 palavras | 9 páginas
  • O brincar e a ludicidade na educação infantil
    5222 palavras | 21 páginas
  • As teorias de Melanie Klein e Sigmund Freud: O Superego e suas Implicações clínicas
    2891 palavras | 12 páginas
  • Resumo - A Teoria da Complexidade e sua relação com a Comunicação Organizacional
    2121 palavras | 9 páginas
  • Resumo do livro O brincar e suas teorias
    1094 palavras | 5 páginas