O caráter cíclico da intervenção estatal

1753 palavras 8 páginas
Luiz Carlos Bresser Pereira

O caráter cíclico da intervenção estatal

Adotada habitualmente como critério básico para distinguir os economistas conservadores dos progressistas. Um velho debate que na última década favoreceu os conservadores Neste trabalho o autor proporá que a intervenção estatal não é o melhor critério para distinguir o pensamento conservador do progressista, a menos que algumas ressalvas sejam feitas; que o processo atual de redução relativa do papel econômico do Estado deve ser encarado como uma fase do caráter cíclico da intervenção estatal; e que em cada ciclo do momento histórico o caráter da intervenção muda. O que se observa historicamente é um processo cíclico, e sempre em transformação, de
…exibir mais conteúdo…

Embora o raciocínio e a experiência histórica comprovem a superioridade de estratégias intermediárias, não podem dizer-nos “quanto” de intervenção estatal deverá ser adotada.
O quer quero propor neste trabalho é a ideia do caráter cíclico sempre em transformação da intervenção estatal. A intervenção estatal expande-se e contrai-se ciclicamente, e a cada novo ciclo o modo de intervenção muda. Por um determinado período a intervenção estatal aumenta. Mas como ela aumenta, seja em termos da participação do Estado e das empresas no PIB, seja em termos do grau de regulação ao qual a economia é submetida, ela começa a ficar disfuncional. O excesso de regulação, retarda ao invés de estimular e orientar a atividade econômica, e enormes déficits públicos no lugar da obtenção de poupança forçada, são os dois sintomas básicos a indicar que a expansão do Estado excedeu. É o momento de reverter o ciclo, de contrair o Estado e expandir o controle do mercado, é tempo de desregular e privatizar. Essa hipótese conflita tanto com as teorias estáticas, que assumem como ideal um determinado nível de intervenção estatal, como com as teorias históricas que pretendem uma tendência de longo prazo no sentido da estatização da economia. Minha hipótese é a de que esta relação ideal irá necessariamente variar no curso da história e de acordo com o caráter cíclico e em permanente transformação da intervenção do Estado na

Relacionados

  • Resenha “vinte anos de crise”, carr
    1086 palavras | 5 páginas
  • GESTÃO PÚBLICA
    1383 palavras | 6 páginas
  • CRISE DE 1929
    8280 palavras | 34 páginas
  • Inflação e deflação
    7047 palavras | 29 páginas
  • Resumo do livro ética de adolfo sanchez
    5087 palavras | 21 páginas
  • Trabalho de politica economica
    10360 palavras | 42 páginas
  • Cenarios economicos brasileiro
    10652 palavras | 43 páginas
  • Fiscalidade
    17727 palavras | 71 páginas
  • Explorações geográficas
    11820 palavras | 48 páginas