O conhecimento científico e o senso comum

1953 palavras 8 páginas
O conhecimento científico e o senso comum no contexto da racionalidade moderna Até a idade média a religião era quem determinava o que era verdade, e era quem possuía todas as explicações sobre todos os fenômenos. Atualmente a ciência ocupou o lugar da religião. E a religião passou a produzir verdades por adesão, ou seja, só as adere quem acredita nelas. A ciência nasce no século XVII, o fazer ciência acontece com a observação da realidade. A partir desta ação, busca-se levantar hipóteses. A ciência busca a produção de verdades, e se a teoria em questão é confirmada de acordo com os procedimentos pertinentes ao conhecimento científico, tal teoria é tomada como uma verdade, embora na ciência as verdades sejam provisórias, porque …exibir mais conteúdo…
É somente ela que produz verdades, pois, confiamos plenamente nas receitas e nos remédios prescritos, nos laudos dos exames médicos, nas previsões da meteorologia, nas descobertas da arqueologia, nos cálculos da engenharia para a construção de edifícios sólidos, nos índices e porcentagens das pesquisas das mais diversas áreas. Abandonamos todo o nosso conhecimento prévio e a nossa vivência para aceitar e acreditar plenamente nas certezas produzidas pelo conhecimento científico. A racionalidade científica moderna é pautada na idéia hegemônica da ciência como portadora e produtora de verdades absolutas, e também como fim e meio para solucionar todas as inquietações e problemas da humanidade, estas idéias hegemônicas foram construídas nas relações sociais, para que os indivíduos tomem tais preceitos como verdade. Assim, temos uma percepção muito clara através de nossa vivência cotidiana, que a ciência criou em torno de si uma hegemonia, ela é sempre a última palavra. “(...) a noção de hegemonia, de Antonio Gramsci, é central para a pesquisa crítica. Gramsci compreendeu que o poder dominante do século XX nem sempre é exercido simplesmente pela força física, mas também por meio de tentativas psicológicas sociais de ganhar o consentimento das pessoas para a dominação através de instituições culturais como a mídia, as escolas, a família e a igreja.” (DENZIN,

Relacionados

  • Possibilidades em torno do senso comum
    2167 palavras | 9 páginas
  • A importancia do conhecimento cientifico
    2208 palavras | 9 páginas
  • Metodologia Cient fica U1 Aula 02 Atividade de Apredizagem
    940 palavras | 4 páginas
  • caso concreto 1
    904 palavras | 4 páginas
  • Senso comum e senso crítico
    2705 palavras | 11 páginas
  • O senso comum e a ciência
    1292 palavras | 6 páginas
  • metodologia
    1934 palavras | 8 páginas
  • SIMULADO ADÉLIA
    4260 palavras | 18 páginas
  • Senso comum e conhecimento cientifico
    2971 palavras | 12 páginas
  • Questionário do livro: bock, a. m. b.; o; teixeira, m. l. t. psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia
    973 palavras | 4 páginas