O cuidado de enfermagem ao paciente portador de leishmaniose visceral

3050 palavras 13 páginas
O CUIDADO DE ENFERMAGEM AO CLIENTE PORTADOR DE LEISHMANIOSE VISCERAL

RESUMO:
O presente trabalho trata-se de um estudo sistematizado da Assistência de Enfermagem a cliente portadora de Leishmaniose Visceral desenvolvido em hospital público no município de Parnaíba-PI. A Leishmaniose Visceral, mais conhecida como Calazar, constitui uma zoonose que afeta o homem e alguns animais. É uma doença crônica, sistêmica, caracterizada principalmente por febre de longa duração, perda de peso, palidez e hepatoesplenomegalia. No Brasil, o Calazar é uma doença endêmica, no entanto tem sido registrados surtos frequentes. Inicialmente, sua ocorrência estava limitada a áreas rurais e a pequenas localidades urbanas, mas hoje se encontra em franca
…exibir mais conteúdo…
O quadro clínico é arrastado, com mais de dois meses de evolução e, muitas vezes com comprometimento do estado geral. Quando não tratada, pode evoluir para óbito em mais de 90% dos casos. A evolução clínica da doença é dividida em três períodos: o período inicial, também chamado de fase aguda, caracteriza o início dos sintomas, que é a febre com duração inferior a 04 semanas, palidez cutâneo mucosa e hepatoesplenomegalia, podendo variar para cada pessoa; o período de estado caracteriza-se por febre irregular, associada à perda de peso progressiva, palidez cutâneo mucosa e aumento da hepatoesplenomegalia e o período final, que ocorre quando não há o diagnóstico e tratamento, já que neste período a febre é contínua e o comprometimento do estado geral é intenso, com desnutrição, edema de membros inferiores, podendo chegar a anasarca, hemorragia, icterícia e ascite. Nesse caso, o óbito geralmente é determinado por sangramentos e/ou infecções bacterianas. O agente etiológico da Leishmaniose Visceral é o protozoário do gênero Leishmania, sendo a espécie Leishmania chagasi a mais comumente envolvida na transmissão da doença. O ciclo evolutivo apresenta duas formas: a amastigota, que é obrigatoriamente parasita intracelular em mamíferos e a promastigota, presente no tubo digestivo do inseto transmissor. A transmissão se dá através da picada do mosquito vetor infectado pelo protozoário e ocorre enquanto houver o parasitismo na pele ou no

Relacionados

  • TCC Leishmaniose Tegumentar Americana
    18616 palavras | 75 páginas
  • Biologia
    11392 palavras | 46 páginas
  • Patologias humanas causadas por vírus, bactérias e protozoários
    19453 palavras | 78 páginas
  • Doenças transmissíveis
    11206 palavras | 45 páginas
  • Biologia
    7985 palavras | 32 páginas
  • Enfermagem - saud
    12231 palavras | 49 páginas