O espaço urbano renascentista e barroco

2798 palavras 12 páginas
ÍNDICE

1 - INTRODUÇÃO 2
2 - O ESPAÇO URBANO 3
2.1 - Fortificações 3
2.2 - Ruas 3
2.3 - Quadrícula 4
2.4 - Praças 5
2.5 - Quarteirões 5
2.6 - Espaços Verdes 5
3 - A ARQUITETURA 6
3.1 - As Fachadas 6
3.2 - Os Edifícios 6
3.3 - Os Monumentos 7
4 - CIDADES 8
4.1 - Roma 8
4.2 - Paris 8
4.3 - Ferrara 9
5 - CONSPIRAÇÕES FINAIS 11
6 - BIBLIOGRAFICA 12

1 - INTRODUÇÃO

Renascimento é o nome dado ao período após a idade média, no qual há um retorno aos valores da antiguidade clássica. Para a arquitetura e o Urbanismo isso significa o equilíbrio, a harmonia e a regularidade geométrica, que foram
…exibir mais conteúdo…
Mumford (1982, p.389) diz

Tais fortificações, difíceis de construir, eram ainda mais difíceis de alterar, a não ser por um preço proibitivo. As antigas muralhas podiam ser estendidas, pra incluir um subúrbio: não prejudicavam o crescimento e adaptação naturais. Mas as novas fortificações impediam a expansão lateral.

2.2 - Ruas

De acordo com Lamas e Benevolo, a rua renascentista tem traçado retilíneo, assim como na antiguidade helenística, e Lamas (2004, p. 172) explica que isso acontece por “razões estéticas e de perspectiva”. Dessa forma, “A rua deixa de ser apenas um percurso funcional – como na Idade Média –, para se tornar também um percurso visual, decorativo, de aparato, próprio à deslocação por carruagem e organizador de efeitos cénicos e estéticos.” (Lamas, 2004, p. 172). Mas Mumford (1982, p. 399) constata que “[...] a generalizada geometrização do espaço, tão característica do período, teria sido inteiramente sem função, não houvesse facilitado o movimento do tráfego e dos transportes [...]”. Portanto, além da mudança do pensamento sobre a função estética da rua na cidade, as ruas são transformadas porque as apertadas ruas medievais não eram apropriadas para o fluxo e para a passagem de carroças na época do Renascimento.
Além disso, as ruas retilíneas e largas eram adequadas à passagem dos exércitos, para que estes pudessem marchar ordenadamente e, de acordo com Mumford (1982,

Relacionados

  • Resumo do livro ‘Introdução à História da Arquitetura'
    700 palavras | 3 páginas
  • paladismo
    1365 palavras | 6 páginas
  • Arquitetura e Urbanismo
    3873 palavras | 16 páginas
  • Barroco e arcadismo
    4948 palavras | 20 páginas
  • Resumo do livro francois ascher - os novos princípios do urbanismo
    2050 palavras | 9 páginas
  • Resumo História da Arte
    2174 palavras | 9 páginas
  • O DESENHO URBANO NO RENASCIMENTO E NO BARROCO
    5995 palavras | 24 páginas
  • Arquitetura Jesuítica no Brasil
    6551 palavras | 27 páginas
  • Resenha - Passagem da Modernidade à Pós Moderno
    1448 palavras | 6 páginas
  • Barroco
    3314 palavras | 14 páginas