O estado novo: o que trouxe de novo?

1218 palavras 5 páginas
Síntese:

O Estado Novo: o que trouxe de novo?

Introdução:

O estado novo se constituiu por uma nova ordem de governo, entre o período de 1937 a 1945 se caracteriza e se marca na história pela introdução de um novo regime político orientado por novas regras legais e políticas e que ganhou pelo seu caráter autoritarista, muitos opositores. O estado novo definiu-se, na visão da autora, pelo autoritarismo, graças ao intenso controle político, social e cultural e também por muitas outras formas de repressão aos que iam contra o governo, como a violência e atos de tortura.
Antecedente ao golpe:
A década de 1930 foi um período de grandes mudanças no país, depois da “revolução”, abriu-se um leque de possibilidades e vários setores
…exibir mais conteúdo…

Foi criado também o Departamento de Imprensa e Propaganda, que tinha o encargo de produzir material de propaganda. A propaganda além de enaltecer a figura do líder e sua relação direta com o povo, demonstrava preocupação do governo com a formação de uma identidade nacional coletiva. A arte também se voltou para fins utilitários em vez de ornamentais, e através dela, buscou ampliar e divulgar a doutrina política do governo, e através do cinema, das artes plásticas e da

Relacionados

  • Fichamento do livro "o estado novo: o que trouxe de novo? (pp.107-143)"
    974 palavras | 4 páginas
  • Neoliberalismo x desemprego
    2661 palavras | 11 páginas
  • negocio processual no novo cpc
    1884 palavras | 8 páginas
  • O narcotráfico no México e suas consequências nas taxas de violência
    2904 palavras | 12 páginas
  • Legislação social e previdenciaria
    1441 palavras | 6 páginas
  • Artigo sobre a primeira guerra mundial e seus reflexos
    4120 palavras | 17 páginas
  • Fordismo, Toyotismo e Neoliberalismo
    1716 palavras | 7 páginas
  • A primeira grande guerra (1914-1918) e suas consequências no mundo pós- guerra
    3280 palavras | 14 páginas
  • Talk Show
    1411 palavras | 6 páginas
  • Cultura de massa e cultura industrial
    979 palavras | 4 páginas