O federalista - uma resenha

2046 palavras 9 páginas
Principais aspectos
Seguirei aqui, nesta apresentação dos textos de John Jay, Alexander Hamilton e James Madison, os mesmos critérios utilizados por Fernando Papaterra Limongi na apresentação do texto no livro “Os Clássicos da Política”, organizado por Francisco Weffort.
Nesta breve apresentação de Limongi, este cientista político nos mostra que há, n’Os Artigos federalistas três principais aspectos, que dão o ar de novidade ao texto proveniente da tentativa do convencimento do povo de Nova Iorque a aceitar a nova constituição americana, proveniente da Convenção da Filadélfia de 1786. Esses três principais aspectos são: a) a criação do federalismo em contraposição ao confederalismo; b) questionamentos sobre a natureza humana, a separação dos poderes e a constituição mista do governo; e, c) a república, como forma de governo, e as facções. Estrutura do texto
Entretanto, antes de proceder a uma análise do conteúdo material do texto, farei um breve passeio por meio de seus aspectos formais, por meio da estrutura do texto em si.
Os Artigos Federalistas é uma coletânea de artigos, publicados primeiramente no “Independent Journal”, de Nova Iorque, e posteriormente em outros inúmeros jornais ao redor dos Estados Unidos, que, alguns anos depois da confirmação pelos estados confederados (agora federados), foram publicados e republicados diversas vezes em forma de livro. São no total 85 artigos.
Para melhor se conhecer os autores, sugiro a leitura da aba “Biografia dos

Relacionados

  • Uma Geração que Desaprendeu a Orar - Resenha Crítica
    1585 palavras | 7 páginas
  • Resenha ideologia uma introdução
    1568 palavras | 7 páginas
  • MADISON, HAMILTON E JAY, O Federalista.
    465 palavras | 2 páginas
  • Cap x - o federalista
    970 palavras | 4 páginas
  • Resenha: Uma discussão sobre o conceito de desenvolvimento.
    888 palavras | 4 páginas
  • Resenha do filme o diário de uma babá
    321 palavras | 2 páginas
  • Resenha da obra o futuro de uma ilusão - freud
    1928 palavras | 8 páginas
  • Resenha - nordestino: uma invenção do falo - uma história do gênero masculino (nordeste 1920/1940).
    1572 palavras | 7 páginas