O feudalismo- paulo miceli

2314 palavras 10 páginas
MICELI, Paulo. O feudalismo. 24. Ed. São Paulo: Atual. 2009.66pgs

Na obra O feudalismo, no primeiro momento há uma discussão com o autor [Paulo Miceli], uma espécie de entrevista. Depois se segue com cincos capítulos, o primeiro o cenário, seguindo A época; A igreja – um poder absoluto; Afinal, o que é o feudalismo? E no ultimo uma fabula e a moral da história. Além de uma cronologia e a referência bibliográfica. Com 66 paginas, no qual buscar mostrar o feudalismo através de outra percepção.

Paulo Miceli nasceu em São Paulo no dia 24 de Dezembro de 1950, sempre gostou muito de musica e literatura. Formou-se em História na USP, fez mestrado e doutorado na Unicamp, onde leciona desde 1985. Escreveu vários livros dentre eles, Era uma
…exibir mais conteúdo…
Os bárbaros se espalham então pelo império. Os hunos possuíam uma organização pitoresca, eram os mais cruéis, e se assemelhavam a primatas, não possuíam um modelo econômico ou político arrojado, eram nômades e não praticavam a agricultura, apresentavam o modo de sobrevivência mais fácil de ser copiado durante um período:
Ao mesmo tempo em que aterrorizavam Átila e suas tribos guerreiras representavam para os germânicos em movimento um modelo de organização política mais fácil de copiar. Mas, à medida que os germânicos foram se fixando no território, o nomadismo dos hunos de pouco lhes servia, e os “bárbaros” passaram a acalentar a idéia de reconstruir um império. (MICELI, Paulo. 2009 p. 15-16)

Na tentativa de reconstruir o império a igreja, teve papel de destaque, onde os bárbaros ao abandonar suas crenças pagãs se aliavam ao arianismo •, o que era considerado pela igreja como pratica herética. Ate o rei Frame se converteu ao cristianismo e também seu exercito. Com isso a igreja foi à única que conseguiu resistir às invasões.
No capitulo três onde fala sobre o poder absoluto da igreja, percebe-se o Cristianismo começa a se firmar através da Igreja, com força exclusiva, baseada na crença de um Deus único, impondo sua autoridade sobre a infinidade de vários os deuses. Uma serie de acontecimentos como, por exemplo, a aceitação por parte dos reis, chegando

Relacionados

  • Modelo de governança de ti utilizando cobit e itil
    6467 palavras | 26 páginas