O homem, enquanto realidade histórico-social

1386 palavras 6 páginas
O homem, enquanto realidade histórico-social tende a cria e a desenvolver, no contexto de um mundo natural e de um mundo valorativo, formas de vida e de organização societária. A espécie humana fixa, na esfera de um espaço e de um tempo, tipos e expressões culturais, sociais e políticas, demarcadas pelo jogo dinâmico de forças móveis, heterodoxas e antagônicas. Cada indivíduo, vivendo na dimensão de um mundo simbólico, lingüístico e hermenêutico, reflete padrões culturais múltiplos e específicos. Sendo a realidade social o reflexo mais claro da globalidade de forças e atividades humanas, a totalidade de estrutura de um dado grupo social precisará o grau e a modalidade de harmonização deste. O Homem é naturalmente um ser social, tanto por …exibir mais conteúdo…
As teses de Michel Foucault são indispensáveis pra se propor uma discussão critica do discurso político-jurídico enquanto discurso do poder. Nas reflexões de M. Foucault, o discurso jurídico ocidental tem se projetado, desde a idade média, como lócus de legitimação do poder, daí a necessidade de se romper com esta instância discursiva geradora das relações de dominação e das técnicas de sujeição que integram o Direito

Relacionados

  • O materialismo Histórico dialético e a Psicologia
    2594 palavras | 11 páginas
  • Fichamento texto claudia mônica santos na pratica a teoria é outra?
    2701 palavras | 11 páginas
  • Sociologia alemã: a contribuição de max weber
    1782 palavras | 8 páginas
  • O ENFOQUE DA DIALÉTICA MATERIALISTA HISTÓRICA NA PESQUISA EDUCACIONAL.
    966 palavras | 4 páginas
  • A concepção de sujeito em paulo freire
    15662 palavras | 63 páginas
  • A Loucura e a Alienação em Doença Mental e Personalidade e Doença Mental e Psicologia
    2388 palavras | 10 páginas
  • Ciencia humana
    11172 palavras | 45 páginas
  • Moral e Ética
    1967 palavras | 8 páginas