O homem pós moderno - Resumo

2048 palavras 9 páginas
RESENHA SOBRE: “O HOMEM PÓS-MODERNO, RELIGIÃO E ÉTICA”
RESENHA SOBRE: “O HOMEM PÓS-MODERNO, RELIGIÃO E ÉTICA” De Wilmar Luiz Barth , postado por pastora sônia pinheiro

Vivemos o tempo da novidade. O “novo” coordena, ordena e altera tudo. Se conjuga com “moderno”. É moda. É bom. É pós-moderno. Quem estuda esse fenômeno é David Harvey, no seu livro Condição Pós-moderna, publicado na França, em 1989. Segundo ele, vem ocorrendo uma mudança abissal nas práticas culturais, bem como político-econômicas desde 1972.1 Segundo o pensamento de Leonardo Boff, “a pós-modernidade participa de todos os pós-ismos (pós-histoire,pós-industrialismo, pós-estruturalismo, pós-socialismo, pós-marxismo,
…exibir mais conteúdo…
A forma suprema de prazer é a sexual, o orgasmo. Busca o imediato, a satisfação rápida e sem problemas, que a longo prazo só acumula fracassos. João Batista Libanio não deixa de expressar sua visão do jovem pósmoderno:

Melancolia, desejo, impossibilidade, acomodação. Essa seqüência marca a vida de muitos pós-modernos. Envolvem-se com a droga, Além dessas marcas, o homem moderno assume a marca da indefinição, do inconstante, da versatilidade. Carrega consigo o constante estresse, o pessimismo, o desencanto e, acima de tudo, a depressão.

Sonha com o relax, o tempo livre e quer tudo para hoje. Parece que sua única alegria e realização está na capacidade de escolha livre dentre uma infinidade de alternativas. Vive e dá asas à ficção, de diversas formas: na literatura, no cinema, na televisão ou em jogos de internet. As drogas são a forma simples e fácil de “viajar” neste mundo da fantasia.

Situada a ‘civilização do orgasmo’ na globalidade da cultura contemporânea, poder-se-á dizer que ela é caracterizada, de um lado, pela sofreguidão do gozo incontinente de todos os prazeres que a vida possa proporcionar, tendo o sexo como centro referencial e, de outro, pela carência de um ideal ético, tanto individual como coletivo, em virtude de ter-se perdido a consciência de que o significado maior da existência consiste na oportunidade de aperfeiçoamento espiritual que ela proporciona.

Relacionados

  • Lugar, produção e cenografia
    2658 palavras | 11 páginas
  • Mundo Pós-Moderno
    919 palavras | 4 páginas
  • S. Hall - A identidade cultural na pós-modernidade
    8391 palavras | 34 páginas
  • RESUMO DIREITO, AFETO E SENSIBILIDADE
    1053 palavras | 5 páginas
  • Relações entre pós modernismo e neobarroco
    1810 palavras | 8 páginas
  • Resumo história da arte e arquitetura v
    1822 palavras | 8 páginas
  • A crise da psicologia clínica no mundo contemporâneo
    7647 palavras | 31 páginas
  • Trabalho - Resumo Max Weber e Michel Lallement
    1807 palavras | 8 páginas
  • Cortázar e “a auto-estrada do sul”: a realidade e os seus múltiplos (des)caminhos
    4368 palavras | 18 páginas