O monge e o executivo

900 palavras 4 páginas
01. (FUVEST) Um pai de 70kg e seu filho de 50kg pedalam lado a lado, em bicicletas idênticas, mantendo sempre velocidade uniforme. Se ambos sobem uma rampa e atingem um patamar plano, podemos afirmar que, na subida da rampa até atingir o patamar, o filho, em relação ao pai: a) realizou mais trabalho; b) realizou a mesma quantidade de trabalho; c) possuía mais energia cinética; d) possuía a mesma quantidade de energia cinética; e) desenvolveu potência mecânica menor. 02. (FUVEST) Uma empilhadeira elétrica transporta do chão até uma prateleira, a uma altura de 6,0m do chão, um pacote de 120kg. O gráfico ilustra a altura do pacote em função do tempo. A potência aplicada ao corpo pela empilhadeira …exibir mais conteúdo…
Para que, com a chuva, a velocidade do trem se mantenha constante, a potência desenvolvida pela locomotiva deverá sofrer um aumento de: a) 40W b) 1,0kW c) 3,0kW d) 4,0kW e) 20kW 06. (FUVEST) Um automóvel possui um motor de potência máxima P0. O motor transmite sua potência completamente às rodas. Movendo-se em uma estrada retilínea horizontal, na ausência de vento, o automóvel sofre a resistência do ar, que é expressa por uma força cuja magnitude é F = AV2, onde A é uma constante positiva e V é o módulo da velocidade do automóvel. O sentido dessa força é oposto ao da velocidade do automóvel. Não há outra força resistindo ao movimento. Nessas condições, a velocidade máxima que o automóvel pode atingir é V0. Se quiséssemos trocar o motor desse automóvel por um outro de potência máxima P, de modo que a velocidade máxima atingida nas mesmas condições fosse V = 2V0, a relação entre P e P0 deveria ser: a) P = 2P0 b) P = 4P0 c) P = 8P0 d) P = 12P0 e) P = 16P0 07. (ITA) Um navio navegando à velocidade constante de 10,8km/h consumiu 2,16 toneladas de carvão em um dia. Sendo h = 0,10 o rendimento do motor e q = 3,00 x 107 J/kg o poder calorífico de combustão do carvão, a força de resistência oferecida pela água e pelo ar ao movimento do navio tem intensidade igual a: a) 2,2 . 102N b) 2,5 . 104N

Relacionados

  • Resenha o monge e o executivo
    2002 palavras | 9 páginas
  • Resumo capitulo 3 O monge e o executivo
    1256 palavras | 5 páginas
  • Resumo capítulo 6 e 7, o monge e o executivo.
    1759 palavras | 8 páginas
  • O monge e o executivo - resumo do livro.
    1232 palavras | 5 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DO LIVRO “O MONGE E O EXECUTIVO
    1481 palavras | 6 páginas
  • O monge e o executivo
    939 palavras | 4 páginas
  • Relatorio o monge e o executivo
    964 palavras | 4 páginas
  • Resumo: o monge e o executivo
    1399 palavras | 6 páginas
  • Resumo - O Monge e o Executivo
    2494 palavras | 10 páginas
  • o monge e o executivo
    1660 palavras | 7 páginas