O negro antigamente

1575 palavras 7 páginas
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Centro de Comunicação e Letras- CCL

O negro e a Publicidade

Felipe Gonçalves

São Paulo
2011

Sumário

1.A figura do negro antigamente 3 2.O negro na publicidade atual 4 e 5 3. Análises: 5 3.1 Faculdade Anhanguera 6 3.2 Gol 7 3.3 Devassa 8 3.4 Avon 10 4. Conclusão 11 4.Referências Bibliográficas 12

1. A figura do negro antigamente
No decorrer das últimas décadas o negro obteve uma participação considerável em peças publicitárias, principalmente após 1988 que houve a nova Constituição que passou a enxergar o racismo como crime.
Após a nova Constituição a mídia teve que se adequar muito mais e ter cuidado com os tipos de
…exibir mais conteúdo…
* Na parte direita da peça a mesma pessoa aparece mais branca, já formada, com seu trabalho em mãos, com o capacete amarelo que normalmente atribui o mesmo a engenheiros e arquitetos, de cor amarela que simboliza o luxo e associa-se com a parte intelectual da mente.O mesmo está com cores de tons cinza em sua roupa que representa auto-suficiência e independência.No mesmo lado deste possível engenheiro/arquiteto está o slogan da empresa: “ Você bem preparado, você bem empregado”
Após termos feito está analise é possível perceber que a peça mostra sutilmente ou talvez subliminarmente a questão do negro sendo colocado pejorativamente, evidência que o negro está abaixo do branco em aspectos sociais e econômicos. Demonstra e nos passa que quanto mais branco a pessoa for , maior a ascensão social ela obterá.Está peça provavelmente fora posta em lugares onde pessoas da classe C( nas quais os negros tem uma percentagem maior) passam freqüentemente, isso ajudaria os mesmos a se espelharem na parte mais branca, pois o direcionamento da imagem está diretamente ligada a ela.

3.2 Gol

A peça publicitária da linha aera Gol faz a inclusão do negro na mesma, porém sutilmente torna-o pejorativo, fazendo relembrar o passado do negro.
No primeiro quadrante no qual aparece um homem branco, típico europeu aparece a seguinte frase “Daniel tem liberdade de mudar...” exemplifica bem a questão que o branco pode ter o livre arbítrio para tomar suas escolhas,

Relacionados

  • O negro jazz
    1000 palavras | 4 páginas
  • Educação do negro ontem e hoje
    2934 palavras | 12 páginas
  • O negro e o mercado de trabalho
    1623 palavras | 7 páginas
  • OS NEGROS NA MINERAÇÃO
    8269 palavras | 34 páginas
  • resumo radiação corpo negro
    1724 palavras | 7 páginas
  • Benefícios da ponte sobre o rio negro
    3166 palavras | 13 páginas
  • Execução da Ponte sobre o Rio Negro
    448 palavras | 2 páginas
  • Ética - O Lado Negro do Chocolate
    658 palavras | 3 páginas
  • A situação do negro no brasil
    919 palavras | 4 páginas
  • Situação de negros e indios no brasil
    892 palavras | 4 páginas