O poder real

1223 palavras 5 páginas
O poder real 1.0 Monarquias nacionais
A formação das monarquias nacionais tem início a partir do século X, na Europa, como decorrência do renascimento comercial e urbano e da crise do feudalismo. Caracteriza-se pelo fortalecimento do poder real, que passa a se estender por toda a nação.
Durante o feudalismo, a autoridade do rei resumia-se à chefia militar dos principados, que formavam os grandes feudos. Com o surgimento das cidades e a crise do feudalismo, que enfraquece o poder local da nobreza, a figura do rei passa a centralizar também o poder político. Para atingir a soberania sobre toda a nação -, o poder real precisa se sobrepor ao (poder local) e ao universalismo (poder exercido pelo papado, que gozava de privilégios como
…exibir mais conteúdo…
O monarca interfere na economia de várias formas: cria companhias de comércio, concede privilégios e monopólios, determina taxas e impostos. Também torna o catolicismo a religião oficial do Estado e promove guerras para fortalecer o poder nacional.
O processo de extinção do absolutismo na Europa começa com a Revolução Gloriosa, na Inglaterra, e a Revolução Francesa. A partir de

Relacionados

  • Fichamento: a essência da constituição
    1626 palavras | 7 páginas
  • Resenha essência da constituição - lassale
    837 palavras | 4 páginas
  • Origem do plano real
    1728 palavras | 7 páginas
  • resumo dos capitulos 31,32 do livro introdução a economia do mankiw
    1287 palavras | 6 páginas
  • Soberania por Darcy Azambuja
    972 palavras | 4 páginas
  • Resumo, Hesse - Lassale - Kelsen
    3217 palavras | 13 páginas
  • Figuras híbridas
    2383 palavras | 10 páginas
  • Estrutura de mercado do setor supermercadista
    3131 palavras | 13 páginas
  • A ECONOMIA BRASILEIRA A PARTIR DE 1985
    1662 palavras | 7 páginas