O problema das falacias na America Latina

2414 palavras 10 páginas
1 INTRODUÇÃO

Esse trabalho busca refletir à respeito da importância da identificação das falácias encontradas muitas vezes na argumentação para justificativas sobre situações de desigualdade em sua mais variada escala e especificação. Através da analise da reportagem “Mensalão não acabou” pertencente ao domínio Noticias UOL¹, comparativamente ao artigo “Dez Falácias sobre os Problemas Sociais da América Latina” (Kilsberg, 2000), poderemos traçar uma comprovação da presença destas falácias utilizadas pelos meios de comunicação convencionais no sentido de manipular e assim repassar de forma valorativa definida as informações com as quais a população local muitas vezes formula suas próprias concepções de mundo.

2 UMA RELEITURA
…exibir mais conteúdo…
Através destas palavras de Klisberg podemos compreender melhor, não somente a situação analisada, mas em verdade, o todo complexo das redes de relações na circulação de informações entre o Estado, o intermediador (meios de comunicação/empresas jornalísticas) e a sociedade. Sem dúvidas há ai também a influencia com intenções políticas na deslegitimação do Estado e de seus representantes, assim como se coloca muitas vezes, devido á influencia manipuladora desta falácia uma falsa ideia de ineficiência do Estado enquanto instrumento apto para proceder na manutenção e ampliação dos direitos democráticos da sociedade. E assim ao enfraquecer o caráter político representativo do Estado no sistema democrático, é proposto em contrapartida a adesão à uma versão de aparelho estatal menos denso, menos forte e por isso menos importante no tocante a políticas sociais e projetos de estruturação social como um todo.
À respeito desta influencia falaciosa maniqueísta atesta ainda Klisberg (2000, p. 18):
Ao deslegitimar sua ação, deixa aberto o terreno para sua debilitação indiscriminada, e para o desaparecimento paulatino de políticas públicas firmes em campos cruciais como os do social. Causa assim prejuízos irreparáveis a vastas porções de famílias, aumenta a pobreza e a desigualdade [...].

Por fim, ao concluirmos esta analise a respeito do efeito da falácia da maniqueização do Estado internalizada

Relacionados

  • As infuencias da guerra fria na america latina
    5803 palavras | 24 páginas
  • O trabalho na américa latina colonial
    3471 palavras | 14 páginas
  • As veias abertas da america latina
    1130 palavras | 5 páginas
  • As veias abertas da américa latina
    921 palavras | 4 páginas
  • Resumo das primeiras escolas de serviço socias na america latina e no brasil apartir de 1930
    1445 palavras | 6 páginas
  • A invenção da américa latina
    839 palavras | 4 páginas
  • Primeiras escolas de serviço social na america latina
    1661 palavras | 7 páginas
  • Independencia da america latina
    4176 palavras | 17 páginas
  • Terceiro setor na america latina
    2855 palavras | 12 páginas
  • Como surgiu o serviço social na america latina
    1392 palavras | 6 páginas