O que é religião - rubem alves

1520 palavras 7 páginas
O que é religião? Rubem Alves

* PERSPECTIVAS

Neste capítulo introdutório, Rubem Alves faz um paralelo com o passado, onde a religião era fundamental à vida das pessoas, e o presente, onde nos vemos em um mundo dito como científico e técnico ausente do mundo ‘’mágico ‘’ da religião.
Afirma que a religião é fruto de um esforço para compreender um sentido para a nossa vida e inicia uma série argumentativa alegando que a religião não acabou neste mundo científico, pelo contrário, ainda persiste, porém com novos rótulos.
Afirma o autor: “E é quando a dor bate à porta e se esgotam os recursos da técnica que nas pessoas acordam os videntes, exorcistas, os mágicos, curadores, benzedores, os sacerdotes, os
…exibir mais conteúdo…
O autor nos relata a ascensão burguesa e relaciona tal com o exílio da religião. O mundo burguês, racional, científico, não tem espaço para manifestações “invisíveis”, “imaginárias”. A ciência tomou conta da mente da sociedade, e como podemos notar até nos dias de hoje, ciência não se discute. A verdade do método científico nos é imposta e aceitada.
Entretanto, Rubem Alves finaliza o capítulo, nos fazendo refletir como a religião ainda faz parte da vida de muitos. Como está presente ainda neste mundo científico, cético e racional. As pessoas ainda pensam sobre o sagrado.
“Não é por acidente que a mais poderosa das moedas se apresente também como a mais piedosa, trazendo gravada em si mesma a afirmação “In God we trust” ____ “Nós confiamos em Deus” “(ALVES, RUBEM – O QUE É RELIGIÃO?)

* A COISA QUE NUNCA MENTE

Neste capítulo, o autor diferencia tipos de coisas: coisas que significam outra coisa, os símbolos e as coisas em si, como por exemplo os elementos naturais. Afirma que existem coisas que não significam nada mas podemos dar um significado à elas. Para ele, a ciência medieval acredita que o universo era um conjunto de coisas que significavam outras e assim, a Física só avançou quando o universo foi conhecido como coisa.
Na idade média, os religiosos encaravam o universo como uma coisa cheia de significações e a ciência não saiu do impasse enquanto não reconheceu o universo como coisa. Hoje, a situação inverteu, os

Relacionados

  • Análise critica sobre "o enigma da religião"
    2787 palavras | 12 páginas
  • Exílio do sagrado com respostas
    2175 palavras | 9 páginas
  • Resumo do livro o Enigma da religião de Rubem Alves
    2179 palavras | 9 páginas
  • CAPITULO 1 E 2 DE FILOSOFIA DA CIENCIA – INTRODUÇÃO AO JOGO E SUAS REGRAS (RUBEM ALVES)
    1125 palavras | 5 páginas
  • Resumo do livro de rubem alves o que é religião
    1566 palavras | 7 páginas
  • Rubem Alves
    1772 palavras | 8 páginas
  • Resumo ciência e senso comum
    8325 palavras | 34 páginas
  • Resenha do livro de rubem alves
    1277 palavras | 6 páginas
  • Síntese do texto Os símbolos da ausência
    502 palavras | 2 páginas
  • Fichamento Édipo Rei
    1589 palavras | 7 páginas