O reconhecimento da umbanda como religião brasileira

3960 palavras 16 páginas
UMBANDA: religião brasileira?

Há de se entender, antes de qualquer explicação, que a UMBANDA é uma religião, ou seja, é composta de elementos Divinos (Orixás e Guias); Doutrinários (linhas de atuação, reencarnação, lei do karma, atuação e direcionamento dos médiuns, assistenciados e guias, ...; Princípios (amor, caridade, respeito ao próximo, fé, ...); Rituais (abertura e encerramento das sessões, pontos cantados, feituras, ....); Místicos ( a forma de atuação dos Orixás e Guias); Divinatórios ( jogo de búzios, ... ) Humanos ( seus médiuns, Babás, Babalorixas, Sacerdotes, ...).

Cabe salientar que esses elementos são variáveis e podem ser vistos com mais ou menos intensidade de acordo com a linha doutrinária da casa ( Linhas
…exibir mais conteúdo…
) Humanos ( seus médiuns, Babás, Babalorixas, Sacerdotes, ...).

Cabe salientar que esses elementos são variáveis e podem ser vistos com mais ou menos intensidade de acordo com a linha doutrinária da casa ( Linhas doutrinárias ou Escolas Doutrinárias ). Como são muitas as ramificações e suas formas, isso torna difícil agrupá-las em suas peculiariedades, ritos, doutrina, fundamentos, filosofia, práticas. Pretendemos olhar de maneira geral os elementos mais comuns a cada ramificação dentro do possível.

A UMBANDA é uma religião de cunho espiritualista (contato e/ou interferência de espíritos, manipulações magísticas, práticas de cura através dos espíritos e/ou ervas/poções/conjuros, utilização de elementos ou instrumentos místicos)/mediúnica (instrumento pelo qual a prática religiosa se faz presente, especificamente, a incorporação) que agrega elementos de bases africanas (culto aos Orixás e ao espírito dos antepassados: Pretos-Velhos), indígenas (Caboclos), que recebeu influência oriental (indiana, inerente à reencarnação, o kharma e o dharma), e adquiriu elementos do cristianismo

Relacionados

  • “DONA MARIANA PEDE, A GENTE FAZ”: ASPECTOS DA “ARTE SAGRADA” EM UM TERREIRO DE UMBANDA EM SANTARÉM/PARÁ
    1054 palavras | 5 páginas
  • Trabalho sobre a cultura afro brasileira
    4926 palavras | 20 páginas
  • As religiões brasileiras, suas origens e miscigenações
    6578 palavras | 27 páginas
  • Cultura afro-brasileira
    3978 palavras | 16 páginas
  • Etnocentrismo, estereótipos, estigmas, preconceito e discriminação
    1417 palavras | 6 páginas
  • Artes, História, Cultura dos afrodescendentes no Brasil e na Bahia
    11466 palavras | 46 páginas
  • Sociologia e Cultura
    4608 palavras | 19 páginas
  • Diversidade cultural do brasil
    4051 palavras | 17 páginas
  • A religião afro-descendente: candomblé
    13618 palavras | 55 páginas
  • História do Ensino Religioso no Brasil: limites e desafios para um Ensino Humanitário
    9349 palavras | 38 páginas