Obrigações morais para com os animais

991 palavras 4 páginas
Teremos nós, humanos, obrigações morais para com os animais?
Todos os dias surgem evidências de que existem inúmeros animais que sofrem de maus tratos por todo o mundo. No âmbito deste problema, reunimos argumentos com o objectivo de provar que estes animais, vítimas de maus tratos, têm direito à consideração moral.
Por conseguinte existe também um aumento no número de animais de certas espécies que acabam por morrer devido aos maus tratos, por vezes intencionalmente. Estas mortes acabarão, eventualmente, por influenciar a estabilidade do nosso ecossistema. Daí a importância deste problema. Será que temos nós, humanos, obrigações morais para com os animais?
É de notar que também nós somos animais e também existem evidências de maus
…exibir mais conteúdo…
E, portanto, se temos esse dever moral fundamental então, correlativamente, eles têm direitos. Singer defende, também, os direitos dos animais mas com uma outra noção de direitos. Para Regan, atribuir direitos aos animais implica que estes têm de retribuir com deveres, tal como acontece na nossa espécie. Enquanto Singer defende que estes seres têm direitos mas não têm obrigações morais (entenda-se deveres) para connosco.
Decidimos apoiar a tese de Singer pois parece-nos a mais plausível atendendo que os animais de facto podem sentir dor ou prazer apoiados pelos seguintes argumentos (a negrito):
Se os animais são seres capazes de sentir dor e prazer então são seres que merecem consideração moral.
Os animais são capazes de sentir dor e prazer.
Logo, são seres que merecem consideração moral.

O primeiro argumento defende-se pelo simples facto de que estes animais, antes de mais, tiveram o direito à vida e segundo estes animais têm a capacidade de sentir dor e, como tal, não devem ser maltratados ou desrespeitados.

Se os animais não têm consciência moral então não podem ter obrigações morais para connosco.
Os animais não têm consciência moral.
Logo, não podem ter

Relacionados

  • RESPONSABILIDADE ECOLOGICA
    938 palavras | 4 páginas
  • Animais e consideração moral
    1132 palavras | 5 páginas
  • Economia ou economia política da sustentabilidade?
    1877 palavras | 8 páginas
  • Parecer Juriídico
    1406 palavras | 6 páginas
  • Etica a filosofia moral
    2016 palavras | 9 páginas
  • A ética na familia
    870 palavras | 4 páginas
  • O homem e o mundo natural - k. thomas
    1200 palavras | 5 páginas
  • Instrução de aprendiz
    1336 palavras | 6 páginas
  • Resumo ética e cidadania
    5764 palavras | 24 páginas
  • Portfólio e bioética
    5496 palavras | 22 páginas