Origem da atual crise mundial

863 palavras 4 páginas
Embora muitos acreditem que a grande crise econômica mundial atual tenha tido origem com o mercado hipotecário Subprime nos Estados Unidos, essa crise surgiu em 2001, no estouro da bolha da NASDAQ e foi ocasionado pelo crescimento do mundo tecnológico, um momento de grande avanço e investimento na tecnologia da informação e esse avanço fez com que houvesse um boom devido ao grande volume de ações e títulos circulando, além da constante presença do e-commerce. Em 2003 a crise aumentou e agravou a situação do governo americano que decidiu incentivar o consumo, com a manobra de desvalorizar sua moeda e aumentar as exportações e importações para equilibrar sua balança comercial, no entanto, não esperava o consumo exacerbado da população emergente, geralmente formada por filhos de imigrantes e estrangeiros naturalizados que passaram a ter poder de crédito facilitado pelo próprio governo, além de muitos outros clientes sem um bom histórico de crédito conseguir financiar imóveis, e não muito distante, ficou difícil controlar a bola de neve de problemas em que esse País se meteu. O mundo tomou conhecimento da crise com a quebra de dois órgãos de suma importância, o Lehman Brothers que era um símbolo de sustentabilidade da economia americana e havia sobrevivido a muitos momentos históricos e tempestuosos e exercendo suas funções desde o século XVIII não suportou a pressão e veio a falência em setembro de 2008, como também a poderosa AIG que era a maior seguradora de crédito dos

Relacionados

  • Origem das cidades - urbanização mundial
    2712 palavras | 11 páginas
  • financiadores da economia mundial
    934 palavras | 4 páginas
  • A crise da justiça - fichamento
    3027 palavras | 13 páginas
  • Resumo - a crise mundial do capitalismo
    1424 palavras | 6 páginas
  • A atual crise econômica mundial e a economia brasileira
    3513 palavras | 15 páginas
  • Os fundamentos da crise atual do capitalismo
    2187 palavras | 9 páginas
  • A CRISE ECONOMICA MUNDIAL 1929
    1140 palavras | 5 páginas
  • A educação no contexto da atual crise do capitalismo: impactos de uma nova regulação educacional sobre o trabalho docente
    3746 palavras | 15 páginas