Os autores negros e o desenvolvimento da literatura no brasil

2329 palavras 10 páginas
AUTORES NEGROS E O DESENVOLVIMENTO DA LITERATURA NO BRASIL

Maria Aparecida Batista Oliveira
Professor: Tutor Externo Antônio Fernandes do Amaral
Centro Universitário Leonardo da Vinci-UNIASSELVI
Licenciatura em História (HID 0204) Práticas Educativas
06/12/2012

RESUMO
Este estudo exibe os principais autores negros que contribuíram com a literatura no Brasil. No século XIX, como Maria Firmina dos Reis que nasceu no Maranhão em 1823 e foi escritora, poeta e educadora. A partir de então, Luís Gama publicou mais e mais crônicas e poemas sempre recheados de ironia. Cruz e Souza também foi um talento literário que viveu durante o período escravista. Um dos grandes nomes da literatura realista brasileira foi Joaquim Maria Machado de
…exibir mais conteúdo…
A partir de então, Luís Gama publicou mais e mais crônicas e poemas sempre recheados de ironia, em revistas e jornais com boa circulação, e não só em São Paulo, por conta de seus textos contundentes e sua ferrenha militância abolicionista, tornou-se conhecido em todo o país e era tido como ícone negro, líder da luta pela liberdade. Um dos alvos da ironia de Gama era os que, tendo descendência africana, se faziam passar por brancos.

“Se os nobres desta terra, empanturrados, Em Guiné têm parentes enterrados; E cedendo a prosápia, ou duros vícios, esquecem os negrinhos seus patrícios; Se mulatos de cor esbranquiçada, já se julgam de origem refinada, E, curvos, à mania que os domina, Desprezam a vovó que e preta-mina; Não te espantes, ó leitor da novidade, pois que tudo no Brasil é raridade”. (Sortimentos de Gorras, Trovas burlescas de Getulino, apud Elciene Azevedo, Orfeu de Carapinha, p.61 citado por FRAGA, ALBUQUERQUE, 2009, P.85).

Ao tempo em que criticava quem negava suas origens africanas Luís Gama ressaltava as razões para orgulhar-se delas. Nos poemas “Meus amores”, ele exalta a beleza da mulher negra, Gama morreu em 1822, alguns anos antes da abolição. Entretanto não foi esquecido nas festas que celebraram o fim da escravidão; estandartes com seu retrato

Relacionados

  • Desenvolvimento histórico da educação e da pedagogia no brasil
    6160 palavras | 25 páginas
  • OS NEGROS NA MINERAÇÃO
    8269 palavras | 34 páginas
  • O desenvolvimento da ciência pedagógica no Brasil e o quadro atual
    958 palavras | 4 páginas
  • Os trabalhadores da educação e a construção política da profissão docente no Brasil
    8666 palavras | 35 páginas
  • O Desenvolvimento e os Recursos Ambientais
    4138 palavras | 17 páginas
  • Os três estágios do desenvolvimento das tecnologias e o desenvolvimento das tics.doc transferido com sucesso
    897 palavras | 4 páginas
  • A situação do negro no brasil
    919 palavras | 4 páginas
  • A importância da literatura infantil para o desenvolvimento da criança
    5207 palavras | 21 páginas
  • Situação de negros e indios no brasil
    892 palavras | 4 páginas
  • O Desenvolvimento industrial no Brasil e no mundo
    865 palavras | 4 páginas