Os sertões (adaptação) - questões e análise das obras

3058 palavras 13 páginas
Análise Literária Os Sertões1 Euclides da Cunha – Adaptação de Ivan Jaf “O sertanejo é antes de tudo um forte”

Enredo2
Os sertões, de Euclides da Cunha, mostra-nos um relato parcial sobre a Guerra de Canudos que opunha de um lado, soldados a serviço da recém-intituída república agindo brutal e cegamente em sua defesa, e de outro lado os sertanejos miseráveis, fanáticos e também cruéis na defesa de sua gente. O autor narra a estória baseado na teoria determinista que dominava os círculos intelectuais de seu tempo. O determinismo defende que todo fenômeno só ocorre a partir de determinadas causas, que os acontecimentos são conseqüência de uma série de elementos dependentes uns dos outros. Assim, o livro é dividido em 3 partes: é o meio (A Terra) que molda o homem (O homem – o sertanejo que Cunha tenta definir) e que determina sua ação (A Luta). O determinismo está presente também em vários trechos do livro.
I – A Terra
Na primeira e segunda partes há o predomínio da descrição, com muitas figuras de linguagem. O autor apresenta o planalto central com seus diferentes relevos: no sul litorâneo, as maiores altitudes; em Minas Gerais, as montanhas mais altas entram pelo interior e, caminhando para o norte, na Bahia, o aplainamento geral. Nesta região, está o sertão, com uma ondulação de montanhas baixas, limitado pelo rio São Francisco ao norte e ocidente e, ao sul, pelo rio Itapicuru. As secas são cíclicas e assolam a

Relacionados

  • Analise da obra ''a moreninha''
    2317 palavras | 10 páginas
  • Analise da obra Til
    4262 palavras | 18 páginas
  • ANÁLISE DA OBRA “OS LUSÍADAS" - DE LUÍS VAZ DE CAMÕES - ANÁLISE DO CANTO V
    5720 palavras | 23 páginas
  • Análise da obra "leite derramado" - chico buarque
    1496 palavras | 7 páginas
  • Questões sobre o texto os sertões, de euclides da cunha:
    1611 palavras | 7 páginas
  • Análise da obra O Cortiço e o contexto histórico da época
    2557 palavras | 11 páginas
  • RESENHA CRÍTICA DA OBRA “DISCURSO SOBRE AS ORIGENS E OS FUNDAMENTOS DA DESIGUALDADE ENTRE OS HOMENS”.
    1386 palavras | 6 páginas
  • Análise da forma e espaço a partir de duas obras arquitetônicas
    4869 palavras | 20 páginas
  • Fichamento da obra “Bruxaria, Oráculos e Magia Entre os Azande” de E. E. Evans Prichard
    1652 palavras | 7 páginas
  • Analise da obra de Tintoretto
    1596 palavras | 7 páginas