PAÍSES DE INDUSTRIALIZAÇÃO TARDIA – EXERCÍCIOS Pág. 182 E 183

1518 palavras 7 páginas
COMPREENDENDO CONTEÚDOS
1. Porque a grande arrancada industrial da Alemanha aconteceu a partir da unificação político-territorial de 1871?
Porque 1871 marcou a unificação político territorial da Alemanha, com a constituição do Segundo REich. A unificação territorial significou também a consolidação da integração econômica que na verdade já tinha começado em 1834, com a constituição da liga aduaneira Zoliverein. Constitui-se um mercado consumidor ampliado, sem barreiras para a circulação de produtos e capitais, com uma moeda única, uma política econômica válida para o território inteiro e uma legislação fiscal e trabalhista também única. Enfim, a unificação política criou condições econômicas para um grande processo de acumulação de
…exibir mais conteúdo…

Sua implantação desde o início (anos 1960) ficou sob a responsabilidade do governo japonês, que ao longo dos anos 1970 e 1980 construiu diversos centros de pesquisa. Essa é a principal diferença em relação com o Vale do Silício, nos Estados Unidos: enquanto Tsukuba foi um projeto governamental, de início bancado totalmente pelo Estado japônes, o Vale do Silício foi, desde o início, um empreendimento privado, dominado por grandes corporações norte-americanas. Atualmente há em Tsukuba 55 institutos públicos e privados de educação e pesquisa em funcionamento. Desde meados dos anos 1980 muitas empresas privadas também têm instalado laboratórios de pesquisa nesse tecnopolo.
6. Como se explica a crise econômica japonesa a partir do início dos anos 1990? O país também foi atingido pela crise de 2008?
O grande acúmulo de riquezas no país provocou uma crescente especulação com ações, levando a enorme alta da Bolsa de Valores de Tóquio. Enquanto isso, os bancos japoneses fizeram grandes empréstimos sem critério, principalmente para o setor imobiliário, o que provocou grande especulação. Os preços dos imóveis no Japão subiram exageradamente, transformando-os nos mais altos do mundo. Essa bolha especulativa – financeira e imobiliária – estourou no início doa anos 1990. Os preços das ações e dos imóveis despencaram, fazendo a crise se propagar pela economia real. Os bancos, não tendo como receber dos devedores, não faziam novos empréstimos. Muitas empresas

Relacionados