PERFIL DO PROFESSOR FRENTE AS ALTAS HABILIDADES E SUPERDOTAÇÃO DOS ALUNOS

2895 palavras 12 páginas
AULA 01 (Semana de 28 a 31 de janeiro de 2013)

1. O que aprendeu?
Aprendi que a cada dia nosso conhecimento como educador é de suma importância para que nossa prática possa diferenciar, ou seja, tenho uma melhor qualidade em conhecer um pouco os nossos alunos. Principalmente aqueles que apresentam características de altas habilidades/superdotação.

2. O que utilizou na prática profissional?
Algumas atividades propostas durante o curso, em especial o meu conhecimento como profissional da educação. Deixando claro sobre qual o papel do professor e as funções que nos são atribuídas e para isso precisamos estar capacitados.

3. Dos teóricos estudos, qual os quais lhe chamaram atenção?
Todos são de grande importância. Apesar de
…exibir mais conteúdo…
Não se trata aqui de propor a formação de um docente que privilegie o superdotado, em detrimento de alunos com dificuldades diversas, mas preatradicional de diferença, como impedimento para aprender, qualquer que seja essa diferença.
Para fins educacionais, tem sido proposto um programa de convalidação de um instrumento, que preliminarmente realize um diagnóstico sistemático de identificação de alunos talentosos e superdotados, com o devido conhecimento do professor; de preferência que ele tenha condições de aplicar e analisar os resultados deste instrumento, elaborado por Zenita C. Guenther.(2000). Por falhas no mesmo, mas sim por falta de conhecimento e informações da professora, que não está habituada a observar as crianças, sob sua responsabilidade na pré-escola, dessa ótica positiva da superdotação. Segundo Gunther, pela lei das probabilidades deveríamos encontrar capacidade elevada e talento em cerca de 3% das pessoas. Desse ponto de vista poderíamos indagar: onde é que estão essas pessoas ou, ainda, por que quase não são reconhecidas em vista dessa proporção? Isso poderia reforçar nossa hipótese sobre a deficiência no curso de formação de professores que é voltado tão somente para um aluno padrão. Gunther enfatiza:
“É necessário integrar e transcender

Relacionados