PRÉ MODERNISMO NO BRASIL

8507 palavras 35 páginas
PRÉ MODERNISMO NO BRASIL

Contexto Histórico Político Social: Durante as duas primeiras décadas do século XX, a vida cultural e artística de nosso país foi marcada pela coexistência de características realistas, naturalistas, parnasianas e simbolistas, num sincretismo de tendências que fez dessa fase uma época de transição em nossa cultura. Nas artes, posições conservadoras, tradicionais e passadistas conviveram com atitudes renovadoras, voltadas para a atualização da inteligência artística.
A literatura refletiu esse caráter transitório: assim, se de um lado ainda sobrevivia uma literatura de linguagem tradicional, acadêmica, ornamental, repetindo os modelos parnasianos, de outro emergia uma linha progressista, voltada para o presente, que questionava a realidade social do país.
A problematização da realidade social brasileira, com novos enfoques temáticos, constituiu a principal marca da literatura brasileira do período, chamado pela crítica de Pré-Modernismo, a qual se desenvolveu num contexto em que se destacam os seguintes fatores:
1894 a 1930: "Primeira República" ou "República Velha" - hegemonia dos proprietários rurais de São Paulo e Minas Gerais - "política do café com leite";
"política dos governadores" - decisões econômicas e políticas do país;
Classe dominante - cafeicultores, latifundiários, secundados por uma burguesia industrial incipiente, por profissionais liberais e pelo exército;
Aumento da complexidade social do país - cidades - profissionais

Relacionados

  • O pré modernismo no brasil
    2386 palavras | 10 páginas
  • Pre modernismo em portugal e no brasil
    1877 palavras | 8 páginas
  • pré-modernismo
    902 palavras | 4 páginas
  • Enviarei assim que estiver pronto
    875 palavras | 4 páginas
  • Escolas literárias
    2976 palavras | 12 páginas
  • Matéria do 2 ano médio de literatura
    982 palavras | 4 páginas
  • o modernismo na segunda metade do seculo xx
    1802 palavras | 8 páginas
  • Modernismo no brasil. primeira geração: ousadia e inovação.
    1392 palavras | 6 páginas
  • A linguagem do modernismo
    992 palavras | 4 páginas
  • A poesia de gilka machado
    1742 palavras | 7 páginas