Pai de botas e a santa mãe

1660 palavras 7 páginas
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ
CURSO DE DIREITO NOTURNO – 1B
REGIANE DOS SANTOS REGUELIM
O Pai de Botas e a Santa Mãe: a construção da identidade de adolescentes em conflitos com a lei
Maria Aparecida Penso, Maria Eveline Cascardo Ramos e Maristela Muniz Gusmão.

A denominação “pai de botas” e “Santa mãe” são comuns entre os jovens e adolescentes. Pai de botas é uma analogia aos policiais que para muitos destes jovens tem função restrita a bater, espancar, humilhar; enquanto a Santa mãe refere-se a proteção e ao cuidado que as mães dedicam a seus filhos, muitas vezes tendo que se sacrificar para criar os filhos.
Para Levisky (1998), a adolescência ocorre durante o desenvolvimento evolutivo do indivíduo, caracterizado por uma revolução biopsicossocial.
Uma das principais características do período é a conhecida crise de identidade. Erikson (1976) afirma que a identidade nunca é estabelecida definitivamente, não é estática e imutável. Na realidade, é um processo contínuo de busca que se inicia no encontro da mãe com o bebê, e só termina quando dissipa o poder de afirmação mútua do homem. Cada idade acaba desenvolvendo sua própria identidade.
Terapeutas sistêmicos compreendem a família como a matriz da identidade. A ligação entre o pai e a mãe é de sua importância. A maternidade liga a mãe a sua prole por motivos óbvios, já a paternidade é uma construção subjetiva do que biológica.
A parentalidade tem características diferentes para o homem e para a

Relacionados

  • Resenha Histórias de Mãe Filho
    894 palavras | 4 páginas
  • Transito de santa clara (peça teatral)
    1123 palavras | 5 páginas
  • Resenha Crítica Pai Contra Mãe Machado de Assis
    491 palavras | 2 páginas
  • geologia de santa catarina
    3244 palavras | 14 páginas
  • Geologia e Geomorfologia da ilha de santa catarina
    3029 palavras | 13 páginas
  • País Urbano e Concelhio
    1232 palavras | 5 páginas
  • relevo de santa catarina
    1428 palavras | 6 páginas
  • A Mulher e a Religiosidade - o declínio da deusa mãe e a ascenção do deus pai
    5912 palavras | 24 páginas