Papel e celulose santa catarina

4729 palavras 19 páginas
CADEIA PRODUTIVA DE PAPEL E CELULOSE
O consumo de papéis tem apresentado elevadas taxas de crescimento em todo o mundo nos últimos dez anos, devido à maior utilização de papel para a fabricação de embalagens em diversos setores, bem como a um aumento na utilização dos papéis de imprimir graças ao incremento no número de computadores. Tal fato conduziu a uma expansão na demanda de celulose, principal matéria-prima do papel, o que foi benéfico para o Brasil, em função das vantagens competitivas que o país detém no segmento de produção da madeira.
O estado de Santa Catarina conserva posição de destaque no cenário nacional, ocupando a terceira posição na produção de papel, e a quarta posição na produção de celulose, possuindo ainda a
…exibir mais conteúdo…
Por outro lado, as microrregiões de Joaçaba, Canoinhas, Campos de Lages e Rio do Sul se destacam como as microrregiões com maior concentração de empresas de médio e grande porte no estado, com realce para os municípios de Caçador, Vargem Bonita e Otacílio Costa. Essas microrregiões concentram aproximadamente 71% das médias e grandes empresas constituintes da cadeia.

ESTRUTURA E PRODUÇÃO
Santa Catarina contava, em 2003, com empresas produtoras de papel e celulose que utilizavam somente madeiras oriundas de florestas plantadas, de acordo com a Associação Brasileira de Celulose e Papel (BRACELPA). A área reflorestada do Estado é a segunda maior do país, em árvores tipo pínus, perdendo apenas para o Paraná. Do total de 109.618 hectares de reflorestamentos existentes no estado, em 2003, 92% correspondiam à cultura do pínus e 7% à do eucalipto, o contrário do país, onde os reflorestamentos de eucalipto são a maioria, representando 73% do total, enquanto que a do pínus, apenas 25%.
Vale mencionar que, no cenário internacional, o reflorestamento é visto como um fator muito importante, pois muitos países, como os europeus e os da América do Norte, por exemplo, só aceitam produtos oriundos de florestas cultivadas ou reflorestadas, nunca de florestas nativas.
O Brasil produz todos os segmentos de papel, quais sejam: especiais, embalagem, para fins sanitários, cartão e cartolina, de

Relacionados

  • DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: PAPEL RECICLADO
    2307 palavras | 10 páginas
  • TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO, ESTUDO DE CASO DE NEGOCIAÇÃO INTERNA
    1658 palavras | 7 páginas
  • Analise de dados em segurança publica
    1493 palavras | 6 páginas
  • Oscilação Cambial
    911 palavras | 4 páginas
  • Processo de extração do amido
    2325 palavras | 10 páginas
  • Combustíveis fósseis
    2060 palavras | 9 páginas
  • Indústria de papel higiênico, fraldas e absorvente
    8008 palavras | 33 páginas
  • setor carbonifero amrec
    3517 palavras | 15 páginas
  • Vantagens Comparativas e exportação de Papel Kraft
    1630 palavras | 7 páginas
  • Panorama do setor moveleiro no Brasil
    19612 palavras | 79 páginas