Paper história da vida escolar

2726 palavras 11 páginas
HISTÓRIA DA VIDA ESCOLAR

Taiana Alves da Silva
Patrícia Ferreira Thives
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Pedagogia (PED 0288) – Prática do Módulo I
05/07/11

RESUMO

O trabalho a seguir é o registro de algumas lembranças relevantes na história da minha vida escolar, desde as séries iniciais até a escolha pela profissão docente. Através de documentos, lembranças, arquivos pessoais, fotos e conversas com familiares, em especial minha mãe, pretendo narrar as memórias até o desejo de fazer-me professora. Observar métodos pedagógicos e apontar os principais motivos que me levaram a escolher esta profissão será a principal abordagem. Através dos resultados encontrados conclui-se que o convívio desde tenra idade com
…exibir mais conteúdo…
Lembro-me do primeiro dia de aula, a ansiedade em chegar na escola e o uso do uniforme pela primeira vez. Lembro-me também que quando ela pegava os cadernos das crianças para corrigir, sempre falava que não queria “farofa” no meio do caderno, se referindo aos farelos da borracha. Coincidentemente ela era irmã da minha professora do Jardim, a Tia Zê, e também tenho contato com ela até os dias de hoje.

No ano seguinte, já com oito anos e falando as palavras corretamente, eu estava na 2 série. Foi neste período que aprendi a letra cursiva, a qual eu chamava vulgarmente de letra grudada. Quem me ensinou foi a tia Mércia, minha professora. Sempre fui muito detalhista, perfeccionista e gostava de tudo muito caprichado. As letras sempre tinham que estar exatamente do mesmo tamanho, o pingo no i tinha que estar exatamente em cima da letra, senão apagava e fazia tudo novamente.

Mas a minha maior lembrança desta época não tem relação com professor, ou sala de aula. O que me marcou foi um grande tombo que levei na porta da sala de aula, na volta do recreio, cuja cicatriz na canela carrego até hoje.

Com nove anos de idade, estava apta a entra na 3 série do antigo primário, a mais difícil na minha opinião. Foi com a tia Salete que aprendi a fazer cálculos de multiplicação e divisão. A professora era adorável e eu tinha grandes amigos, inclusive muitos deles até hoje.

Eu tinha verdadeira admiração pelas minhas professoras. Elas utilizavam guarda pó

Relacionados

  • Educação inclusiva
    7504 palavras | 31 páginas
  • EXPLORANDO O FAZ DE CONTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
    1232 palavras | 5 páginas
  • A importancia do jogo no processo de alfabetização
    2713 palavras | 11 páginas
  • Educação e família: uma união fundamental?
    2166 palavras | 9 páginas
  • Inclusão de deficientes nas escolas públicas
    1329 palavras | 6 páginas
  • Como fazer um Paper
    6404 palavras | 26 páginas
  • Qual a identidade do professor coordenador pedagógico?
    1741 palavras | 8 páginas
  • recursos pedagógicos para crianças cegas
    1740 palavras | 7 páginas
  • Desporto na antiga grécia
    8739 palavras | 35 páginas
  • Fenômenos linguísticos
    895 palavras | 4 páginas