"Para ficar bonita tem que sofrer!": a identidade capilar para mulheres negras no nivel superior.

9156 palavras 37 páginas
Universidade do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Filosofia e Ciências Humanas Departamento de Ciências Sociais Faculdade de Ciências Sociais

Luane Bento dos Santos

“Para ficar bonita tem que sofrer!” A construção de identidade capilar para mulheres negras no Nível Superior.

Rio de Janeiro 2010

1

BANCA EXAMINADORA _____________________________________ Professor Orientador _____________________________________ _____________________________________

2

AGRADECIMENTOS Primeiro queria agradecer como religiosa (candomblecista) aos meus ancestrais, pois sem eles não chegaria no espaço acadêmico numa discussão de identidade. Sou religiosa, acredito no mundo mítico, acredito em milagres, minha religiosidade faz parte dos
…exibir mais conteúdo…
3

E agradeço principalmente as entrevistadas porque sem elas nada disso seria válido, porque sem as suas vozes, sem os seus relatos eu faria uma monografia teórica cheia de viés, uma monografia que pelo tema não poderia ser escrita sem ouvir e considerar as falas das mulheres negras.

4

DEDICATÓRIA

Dedico este trabalho a minha avó Maria das Neves dos Santos Bento. Preta Velha Ancestral!

5

RESUMO (SANTOS, Luane Bento dos. “Para Ficar bonita tem que sofrer!” A construção de identidade capilar para mulheres negras no nível superior.) Este trabalho tem como objetivo “investigar” de que forma mulheres negras, inseridas no nível superior, construíram identidade negra para seus cabelos crespos. Para isso abordaremos pontos que elas destacam como importante em suas vidas, pontos de “conflito racial”, que causaram uma identificação negra por vias negativas. De tal modo que a identidade negra, a construção sobre cabelos foi estabelecida em dois momentos. Para entendermos esses momentos trabalharemos com os mecanismo de construção de identidade que passam pela representação, identificação, sinais diacríticos, essencialismo, estética, linguagem e história.

Palavras-Chaves: Identidade Negra, Mulheres Negras, Cabelos Crespos, Estética, Antropologia.

6

ABSTRACT This work aims to "investigate" how black

Relacionados