Patologias do sistema respiratório

1889 palavras 8 páginas
Resumo
Exístem diversas doenças que afetam o sistema respiratório. Seus sintomas, origens e graus de severidades são diversos.
Algumas são causadas por vírus, como a pneumonia, a gripe; por bactérias, como é o caso da tuberculose; pela exposição a agentes alérgicos, como alguns tipos de rinite, e há também as de origem genética ou as que surgem devido a fatores ambientais aliados a hábitos de vida, como o câncer de laringe e de pulmão.
As doenças dos brônquios, como: asmas, bronquiectasia e a bronquite são denominadas de broncopatias. Outro grupo de doenças pulmonar é da pneumopatias, no qual se destacam: atelectasia, as doenças pulmonares intersticiais, neoplasias pulmonares, tuberculose pulmonar, hipertensão pulmonar, pneumopatias obstrutivas, pneumonia, pneumopatias fúngicas, pneumopatias parasitárias, síndroma do desconforto respiratório do recém-nascido. As do grupo de Transtornos respiratórios são todas doenças respiratórias em geral ou aquelas que não são uma doença específica. Neste grupo incluem-se: a apneia, síndrome do desconforto respiratório do recém-nascido, dispneia, insuficiência respiratória, hiperventilação, etc. A tosse, a rouquidão, a aspiração de mecônio, respiração bucal, laringismo, como também, a síndrome do desconforto respiratório do adulto Doenças nasais são doenças do nariz em geral ou não especificadas, são elas: neoplasias nasais, doenças dos seios paranasais e a rinite. A epistaxe (derramamento de sangue pelas fossas nasais), a granuloma

Relacionados

  • Malformações do sistema respiratório
    2289 palavras | 10 páginas
  • FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES
    5341 palavras | 22 páginas
  • Exercicios Sistema Respirátorio
    4707 palavras | 19 páginas
  • Pneumotórax
    5821 palavras | 24 páginas
  • Tipos de toráx,asculta...
    1848 palavras | 8 páginas
  • Estudo dirigido: Tosse
    1256 palavras | 6 páginas
  • Fisiologia respiratória
    1758 palavras | 8 páginas
  • Bronquite ocupacional
    4699 palavras | 19 páginas
  • Efeitos de um protocolo fisioterapêutico na reversão de atelectasia: um relato de caso.
    2786 palavras | 12 páginas
  • Relatório
    942 palavras | 4 páginas