Patologias, técnicas construtivas e restauro

2468 palavras 10 páginas
PATOLOGIAS, TÉC.CONSTRUTIVAS E RESTAURO
Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Técnicas restropectivas Professor: Arq.Flávio Kiefer

 Introdução  Patologias • Patologias em estruturas metálicas • Patologias nas estruturas em madeira  Restauro • Princípios éticos • Ações de restauro  Conclusão  Bibliografia

PATOLOGIAS, TÉCNICAS CONSTRUTIVAS E RESTAURO

Os temas propostos neste trabalho enfocam as patologias nos materiais comumente utilizados nas edificações, as técnicas envolvidas no restauro destas patologias e, por conseguinte as técnicas construtivas. A ênfase aqui contemplada recai sobre os seguintes materiais: madeira e ferro, concentrando-se especialmente em esquadrias, pisos e forros. Busca-se definir conceitos, expor causas e propor técnicas que atuem de forma a recompor materiais, permitindo desta forma a perpetuidade de edificações, sempre considerando a madeira e o metal como pontos de enfoque.
PATOLOGIAS, TÉCNICAS CONSTRUTIVAS E RESTAURO

Como patologias entende-se os sintomas que aparecem na edificação decorrentes de causas diversas que provocam degradação dos elementos que compõem as construções. Vários podem ser os agentes causadores da degradação: • O homem (ex: mão de obra não qualificada); • Qualidade e armazenamento dos materiais; • Uso inadequado de materiais; • Falta de manutenção (programa); • Falha/ausência na execução de impermeabilizações; • Causas imprevistas como guerras, furacões... • O meio ambiente (um dos principais meios)

Relacionados

  • relatorio tecnico cientifico de visita a obra de restauro
    2694 palavras | 11 páginas
  • Cartas patrimoniais
    17539 palavras | 71 páginas
  • Historia
    8848 palavras | 36 páginas