Pedagogia iluminismo

1916 palavras 8 páginas
Pedagogia
1. O pensamento iluminista

Um dos aspectos marcantes do iluminismo,período muito rico em reflexões pedagógigas ,foi a política educacional focada no esfoço pra tonar a escola leiga e função do Estado. Essa posição foi definida pelo fracês La Chalotais no Ensino de educação nacional.
Agruparemos as contribuições predominantemente teóricas da pedagogia da Ilustração em três tendências fundamentais: os enciclopedistas,o naturalismo de Rousseau e a pedagogia idealista de Kant.
No espírito do Iluminismo ,os filósofos fanceses Diderot,D'Alambert,Voltaire ,Rousseau e Helvetius não eram propriamente educadores ,mais encaravam o ensino com veículo importante das luzes da razão e no combate às supertições e ao obscurantismo
…exibir mais conteúdo…

O perceptor: a dialética "liberdade e obediência"

É delicada a função do professor na pedagogia rousseauniana. Se não deve impor o saber á criança ,tampouco pode deixá-la no puro espotaneísmo. Afinal ,ela deve aprender a lidar com os próprios desejos e a conhecer os limites para se tornar um indivíduo adulto dono de si mesmo.Semelhante ao processo de formação da cidadania ,em que o cidadão se submete à vontade geral,também a criança descobrirá por si própria as leis das coisas e das relações interpessoais.
Rousseau defende a religião natural ,como a do deísmo iluminista ,e por isso foi ameaçado de prisão ,precisando sair de Paris para se refugiar na Suíça.

Avaliando as críticas a Rousseau

Não resta dúvida quanto ao caráter inovador das ideias de Rousseau,porém muitos não lhe poupam críticas ou algumas reservas ,pelo menos.Uma delas é a acusação de propor uma educação elitisca ,já que Emílio é acompanhado por um preceptor ,procedimento próprio dos ricos.Outra refere-se à separação entre aluno e sociedade :neste caso,estaria defendendo uma educação individualista.
Rousseau recorre à abstração metodológica de uma relação ideal ,hipotética ,afim de formular a teoria pedagógica.Ou seja ,perguntar como seria possível a educação natural de Emílio em uma sociedade corrompida significa tratar do mesmo problema da política .Além disso ,o fim do ensino não é educar o

Relacionados

  • Análise pedagógica da peça coro dos maus alunos
    1569 palavras | 7 páginas
  • O pensamento pedagógico oriental( autor descon
    1591 palavras | 7 páginas
  • Resenha FALCON, Francisco José Calazans. Iluminismo
    2550 palavras | 11 páginas
  • A REVOLUCAO FRANCESA E AS REPERCUSSOES NA EDUCACAO DE SURDOS
    5782 palavras | 24 páginas
  • Principais filósofos que contribuiram para a filosofia da educação
    2134 palavras | 9 páginas
  • Fichamento capitulo 13 filosofia da educação - a pedagogia nos seculos xviii e xvx
    1260 palavras | 6 páginas
  • Planejamento 2ºano ensino médio
    920 palavras | 4 páginas
  • Burguesia e povo: entre ideologias pedagógicas e conflitos educativos.
    14901 palavras | 60 páginas
  • corporeidade
    1995 palavras | 8 páginas
  • Educacao infantil de 0 a 3 anos
    4225 palavras | 17 páginas