Peixes: Dissecação do Mapará (Hypophthalmus marginatus)

2745 palavras 11 páginas
Peixes: Dissecação do Mapará (Hypophthalmus marginatus)

Universidade do Estado do Pará
Campus Universitário do Tocantins
Centro de Ciências Sociais e Educação
Curso de Ciências Naturais – Biologia

Ana Clara Rodrigues de Sousa
Benedito Nunes Sacramento
Lana Raiana Faial Viana
Márcia Helena das Mercês
Paulo César Wanzeler Caldas

Peixes: Dissecação do Mapará (Hypophthalmus marginatus)

Cametá- PA
2013
Ana Clara Rodrigues de Sousa
Benedito Nunes Sacramento
Lana Raiana Faial Viana
Márcia Helena das Mercês
Paulo César Wanzeler Caldas

Peixes: Dissecação do Mapará (Hypophthalmus marginatus)

Cametá – PA
2013
1 INTRODUÇÃO
Várias espécies de animais que vivem na água
…exibir mais conteúdo…
Os maparás apresentam ossos trabeculares na cabeça e contêm grande quantidade de gordura no corpo o que é, provavelmente, uma adaptação para o hábito pelágico, já que isso reduz consideravelmente a densidade do peixe. Representantes desta Família têm uma grande importância comercial devido, principalmente, à formação de grandes cardumes e à boa reputaçao de sua carne. No baixo rio Tocantins ocorre apenas uma espécie, a Hypophthalmus marginatus.
A espécie de mapará (Hypophthalmus marginatus) apresenta a nadadeira caudal profundamente furcada, corn lóbulos escuros; os barbilhões mentonianos são menores que os maxilares e mais estreitos que o diâmetro da órbita. Alcança cerca de 30 cm de comprimento e alimenta-se, basicamente, de zooplâcton. Parece desovar uma vez por ano, por ocasião da subida das águas. Ocorre, comumente, à meia água no leito do rio, principalmente na zona à jusante de Tucuruí. É o peixe mais capturado na área que vai da foz até a cidade de Mocajuba, onde representa mais de 30% da captura total.
A espécie Hypophthalmus marginatus (Mapará), possui as seguintes estruturas externas e internas:
EXTERNAS
Nadadeira dorsal: A nadadeira dorsal pode ser eréctil e constituída normalmente por estrias (raios) duras e moles. Algumas

Relacionados