Pena de Morte para psicopatas de grau severo

394 palavras 2 páginas
1- Introdução

Pena de Morte para psicopatas de grau severo. Visando reduzir os crimes de natureza bárbara cometidos por esses indivíduos com esse transtorno de personalidade, questionaremos se esta é realmente um opção de pena para solução do problema. 2- Justificativa

Com base nos estudos psiquiátricos que provam que a grande parte de crimes de grande requinte de crueldade são cometidos por psicopatas de grau severo, e sua impossibilidade do convívio social, este projeto tem como base avaliar o efeito da pena de morte nesses casos.

3- Objetivos Gerais

Redução dos crimes cometidos por psicopatas.

4- Objetivos específicos

Classificar os psicopatas de acordo com seu real problema, que é um transtorno de personalidade irreversível, e não doença mental, como geralmente são enquadrados no sistema penal brasileiro.

5- Fundamentação Teórica

As pesquisas psiquiátricas atuais mostram que psicopatas são incapazes de aprender com a punição ou de modificar seu comportamento. O transtorno de personalidade é uma variação dos traços de caráter marcado por traços de impulso e dos instintos sofrendo uma alteração de comportamentos sociais e de conduta. No Brasil, os condenados por qualquer crime são vistos pelo Estado da mesma forma, ou seja, de modo absolutamente homogêneo. O princípio da individualização da pena é freqüentemente esquecido nas penitenciárias, sendo comum o tratamento igualitário de pessoas com personalidades e condutas absolutamente

Relacionados

  • psicopatas homicidas e o direito penal
    12343 palavras | 50 páginas
  • O PSICOPATA E A POLÍTICA CRIMINAL
    14920 palavras | 60 páginas
  • Abordagens sócio-psicológicas da violência e do crime
    18453 palavras | 74 páginas
  • Perfil psicológico do criminoso
    15264 palavras | 62 páginas
  • A família e o desenvolvimento do indivíduo
    19188 palavras | 77 páginas
  • Psicologia juridica
    20193 palavras | 81 páginas
  • Violências sexuais: incesto, estupro e negligência familiar
    10813 palavras | 44 páginas