Pendulo na construção de prédios resistentes a terremoto

1614 palavras 7 páginas
Pêndulo na Construção de Prédios Resistentes a Terremotos 1

Denner Guilhon3

1 RESUMO

Dar ênfase a importância das Equações Diferenciais, mais especificamente o uso do pêndulo, como ferramenta de análise e auxilio na engenharia. Visa apresentar propostas com embasamento técnico e teórico para aplicação de processos matemáticos para amparar projetos da engenharia numa área propicia a terremotos.

Palavras-chave: Pêndulo. Terremotos. Equações Diferenciais.

2 INTRODUÇÃO

Será abordado através deste trabalho o estudo das equações diferenciais no auxilio a engenharia, exclusivamente na análise da mecânica de funcionamento do pêndulo na ajuda a grandes construções contra as ações dos terremotos. Veremos através deste estudo aplicações reais e na prática do uso de equações diferencias no combate aos efeitos dos terremotos, será possível compreender como o uso do pêndulo consegue manter erguido um grande prédio que sofre constantemente com os efeitos desse fenômeno. Também será visto toda a parte teórica envolvida nesta situação, sobretudo a teoria das equações diferenciais e das integrais elípticas. Veremos toda a importância que as equações diferenciais possuem na ajuda contra esses fenômenos inevitáveis.

3 DESENVOLVIMENTO 3.1Ações de um Terremoto Os terremotos são tremores passageiros que ocorrem na superfície terrestre. Esse fenômeno natural pode ser desencadeado por fatores como atividade vulcânica, falhas

Relacionados

  • Acidentes de Trabalho na Construçao civil
    1062 palavras | 5 páginas
  • Inovações tecnológicas na construção de moradias populares
    1648 palavras | 7 páginas
  • Uso de telhas ecológicas na construção civil
    2788 palavras | 12 páginas
  • aluminio na construção civil
    2322 palavras | 10 páginas
  • Maquinas utilizadas na construção de estradas
    1487 palavras | 6 páginas
  • Reciclagem de Resíduos Sólidos na Construção Civil
    6046 palavras | 25 páginas
  • Evoluçao dos materiais de construçao na engenharia civil
    951 palavras | 4 páginas