Pensamentos políticos de maquiavel, hobbes e locke

4195 palavras 17 páginas
Pensamento Político de Maquiavel
O pensamento político moderno, a partir do Renascimento, funda-se em alicerces que subsistem até os dias atuais. O reflorescimento da Antiguidade, com seus valores e princípios, a construção e o desenvolvimento do conceito de indivíduo e o destaque à faculdade humana da racionalidade são elementos que ganham impulso a partir do esfacelamento da estrutura feudal, representada por relações agrárias e de subserviência.
A Europa de fins da Idade Média e início da Idade Moderna testemunhou, após um período de descentralização política, a formação dos chamados Estados Modernos, também conhecidos como Nacionais ou Absolutistas. Grandes proprietários rurais conhecidos como senhores feudais ou nobres firmaram um
…exibir mais conteúdo…
Este período, marcado pela instabilidade política, pela guerra, pelo intriga, e pelo desenvolvimento cultural dos pequenos estados italianos, assim como dos Estados da Igreja, caracterizou-se pela integração das rivalidades italianas no conflito mais vasto entre a França e a Espanha pela hegemonia europeia, que preencherá a última parte do século XV e a primeira metade do século XVI. De facto, a vida de Maquiavel começou no princípio deste processo - em 1469, quando Fernando e Isabel, os reis católicos, ao casarem unificaram as coroas de Aragão e Castela, dando origem à monarquia Espanhola.
Maquiavel era filho de um influente advogado florentino, e durante a sua vida viu florescer a cultura e o poder político de Florença, sob a direção política de Lourenço de Médicis, o Magnífico. Veria também o crepúsculo do poder da cidade quando o filho de Lourenço e seu sucessor, Piero de Médicis, foi expulso pelo monge dominicano Savonarola, que criou uma verdadeira República Florentina. Quando Savonarola, um fanático defensor da reforma da Igreja, foi também ele expulso do poder e queimado, uma segunda república foi fundada por Soderini em 1498. Maquiavel foi secretário desta nova república, com uma posição importante e distinta. A república, entretanto, foi esmagada em 1512 pelos espanhóis que instalaram de novo os Médicis como governantes de Florença.
Maquiavel parece não ter tido uma posição política clara. Quando os Médicis retomaram o governo,

Relacionados

  • John Locke – Thomas Hobbes – Nicolau Maquiavel – Jean-Jacques Rousseau – Karl Marx – Hannah Arendt – Frantz Fanon
    2525 palavras | 11 páginas
  • A ética e a política nos pensamentos de aristóteles e maquiavel
    7841 palavras | 32 páginas
  • Concepção de estado para maquiavel, hobbes, locke e rousseau
    2179 palavras | 9 páginas
  • RESUMO hobbes, maquiavel, locke e rosseau
    4525 palavras | 19 páginas
  • Thomas Hobbes e o pensamento político
    952 palavras | 4 páginas
  • Platão, aristoteles, locke e hobbes
    5772 palavras | 24 páginas
  • Locke, Rousseau, Montesquieu e Hobbes
    4109 palavras | 17 páginas
  • Ideias principais de hobbes, locke e rousseau
    1793 palavras | 8 páginas
  • POLÍTICA, PODER E ESTADO: As Teorias de Hobbes, Locke e Maquiavel
    3880 palavras | 16 páginas
  • Montesquieu, hobbes e maquiavel, um estudo comparativo
    4399 palavras | 18 páginas