Pintores modernistas no brasil

2996 palavras 12 páginas
Introdução
Em oposição às formas clássicas, a arte moderna surgiu no final do século XIX em forma de pintura e escultura.
Os impressionistas primeiros pintores modernos, geralmente escolhiam cenas de exteriores como temas para suas obras: paisagens, pessoas humildes, etc.
Objetivando romper com os padrões antigos, os artistas modernos buscam constantemente novas formas de expressão e, para isto, utilizam recursos como cores vivas, figuras deformadas, cubos e cenas sem lógica. O marco inicial do movimento modernista brasileiro foi a realização da SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922, onde diversos artistas plásticos e escritores apresentaram ao público uma nova forma de expressão. Este evento ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo.
Não foi
…exibir mais conteúdo…
Em 1921, Di casou-se com Maria, uma prima distante.

Amigo de Mário de Andrade e Oswald de Andrade, teve um papel central na Semana de Arte Moderna de 1922, pois criou o catálogo e o programa do evento. Partiu para a Europa em 1923 e expôs em Londres, Berlim, Bruxelas, Amsterdã e Paris, onde conheceu Picasso, Léger, Matisse, Eric Satie e Jean Cocteau. Ao voltar ao Brasil em 1926, ingressou no Partido Comunista.

Após participar de salões nacionais e internacionais, como a International Art Center em Nova York, Di Cavalcanti fundou o Clube dos Artistas Modernos, com Flávio de Carvalho, Antonio Gomide e Carlos Prado, em 1932 - mesmo ano em que sofreu sua primeira prisão política. Ao sair, casou-se com a pintora Noêmia Mourão e publicou o álbum "A Realidade Brasileira", com doze cartuns.

Em Paris, em 1938, trabalhou na rádio Diffusion Française. Quando voltou, em plena ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas, ficou escondido na Ilha de Paquetá, no Rio, mas foi preso novamente com Noêmia. Libertado, retornou a Paris, onde permaneceu até a iminência da Segunda Guerra Mundial. Nessa viagem, 40 obras foram perdidas.

O pintor passou a criticar o abstracionismo em conferências e artigos. No pós-guerra, ilustrava livros de Vinicius de Moraes, Álvares de Azevedo e Jorge Amado. Em 1947, o casamento com Noêmia entrou em crise. Ao participar da I Bienal de

Relacionados

  • . Pintura Modernista in: Clement Greenberg e o debate crítico.
    1509 palavras | 7 páginas
  • Coletânea de Poesias Modernistas
    974 palavras | 4 páginas
  • Análise pós-modernista nos poemas de cecília meireles
    3032 palavras | 13 páginas
  • Gregori Warchavchik e a casa modernista.
    933 palavras | 4 páginas
  • Conjunto Habitacional Pedregulho - "Ícone Modernista"
    2922 palavras | 12 páginas
  • Modernistas
    3107 palavras | 13 páginas
  • Terceiro Tempo Modernista no Brasil
    1120 palavras | 5 páginas
  • Poemas de autores modernistas
    1409 palavras | 6 páginas
  • Segunda fase da arquitetura modernista
    1212 palavras | 5 páginas
  • a primeira gera o modernista brasilera
    553 palavras | 3 páginas