Pop ck nac

1631 palavras 7 páginas
CK NAC Liquiform

INDICAÇÃO MÉDICA DO EXAME

A determinação da creatina quinase (CK) em amostras de sangue é útil na abordagem laboratorial do infarto agudo do miocárdio e de doenças musculares esqueléticas.

PRINCÍPIO
A creatina quinase total é determinada de acordo com as seguintes reações:

CK
Creatina Fosfato + ADP Creatina + ATP

HK
ATP + Glicose ADP + Glicose-6-Fosfato

G-6-PDH
Glicose-6-Fosfato + NADP 6-PG + NADPH

A CK catalisa a desfosforilação da creatina fosfato para produzir adenosina trifosfato (ATP), a qual reage com a glicose na presença da hexoquinase (HK) formando glicose-6-fosfato. A glicose-6-fosfato na presença de glicose-6-fosfato desidrogenase (G-6-PDH) é oxidada a fosfogluconato(6-PG) e reduz o NADP a NADPH. A velocidade de incremento na absorbância em 340 nm é proporcional à atividade da CK na amostra.

AMOSTRA
Preparo do paciente
Evitar exercícios físicos antes da coleta do material.
Tipos de amostra
Usar soro ou plasma colhido em EDTA ou Heparina.
Armazenamento e estabilidade da amostra
Evitar exposição à luz solar intensa. A atividade enzimática é estável por 24 horas entre 15 – 25 ºC e por 7 dias entre 2 – 8 ºC.
Volume mínimo
0,500 mL

Volume ideal

1,0 mL
Critérios para rejeição da amostra
Presença de hemólise.

PRODUTO UTILIZADO
CK-NAC Liquiform, Catálogo 117-2/30 ANVISA - 10009010019
Labtest Diagnóstica
Av. Paulo Ferreira da Costa, 600
Lagoa Santa, MG,

Relacionados