Portaria 15/10

4809 palavras 20 páginas
1. Quais são os principais pontos da Portaria MTE 1.510/2009?
a. Proíbe todo tipo de restrição à marcação de ponto, marcações automáticas e alteração dos dados registrados;
b. Estabelece requisitos para o equipamento de registro de ponto, identificado pela sigla REP (Registrador Eletrônico de Ponto);
c. Obriga a emissão de comprovante da marcação a cada registro efetuado no REP;
d. Estabelece os requisitos para os programas que farão o tratamento dos dados oriundos do REP;
e. Estabelece os formatos de relatórios e arquivos digitais de registros de ponto que o empregador deverá manter e apresentar à fiscalização do trabalho. 2. Quando a portaria entra em vigor? Na data de sua publicação, 21/08/2009, exceto para o uso do REP, que se tornará obrigatório após 1 ano. Observando que nos primeiros noventa dias de vigência da portaria a fiscalização será orientativa, conforme art. 627 da CLT e art. 23 do Decreto nº 4.552/2002, Regulamento da Inspeção do Trabalho. 3. Qual o prazo para a adaptação dos programas de tratamento dos dados de registro de ponto à portaria? A adaptação dos programas deve ser feita imediatamente. Como dito na questão precedente, a fiscalização terá caráter orientativo nos primeiros 90 dias de vigência da portaria. 4. O uso de registro eletrônico de ponto passou a ser obrigatório? Não. O artigo 74 da CLT faculta o uso de registro de ponto manual ou mecânico. Porém, se o meio eletrônico for adotado, deverão ser seguidas as instruções da Portaria

Relacionados

  • Check list para fazer ppra
    1797 palavras | 8 páginas
  • Relatorio pronto de tecnico em segurança do trabalho 500 horas
    4272 palavras | 18 páginas
  • Que portaria regulamenta a presença do fisioterapeuta no uti neonatal?
    5546 palavras | 23 páginas
  • História do prevencionismo no brasil
    1218 palavras | 5 páginas
  • Segurança do trabalho
    2305 palavras | 10 páginas
  • Manual de procedimentos de segurança
    9974 palavras | 40 páginas
  • Modelo do ltcat completo
    17799 palavras | 72 páginas
  • Contrarrazões
    2895 palavras | 12 páginas
  • recurso multa transito
    2070 palavras | 9 páginas